2 mil marinheiros vão patrulhar costa do RJ e ES na Copa

Durante o mundial, militares farão patrulhas e autuação de embarcações irregulares

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 16/05/2014 16:31 / atualizado em 16/05/2014 17:30

Agência Estado

Tomaz Silva/Agência Brasil

A Marinha promete empregar 23 embarcações e 2 mil militares no patrulhamento da costa do Rio de Janeiro e do Espírito Santo durante a Copa do Mundo. Na manhã desta sexta-feira, 16, o Comando do 1º Distrito Naval realizou uma simulação de abordagem e inspeção de embarcações, na Baía de Guanabara. O esquema será o mesmo da Copa das Confederações, da Jornada Mundial da Juventude e da Operação Amazônia Azul.

Durante a Copa, os militares realizarão ações de presença na costa, acompanhamento do tráfego marítimo, patrulha naval, inspeção naval nas áreas marítimas e portuárias, além da segurança das estruturas estratégicas realizada pelos Fuzileiros Navais. As embarcações irregulares poderão ser escoltadas até a Capitânia dos Portos local onde poderão ser autuadas.

Os treinamentos foram realizados pelo 1º Distrito Naval com apoio do Núcleo Especial de Polícia Marítima da Superintendência da Polícia Federal no Rio de Janeiro, que combate atos ilícitos na costa brasileira, como tráfico de drogas, tráfico de pessoas e contrabando, dentre outros.
Tags:
Comentários O comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.