Greve termina com 234 detidos e mais de 200 lojas roubadas

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 16/05/2014 07:44

Diário de Pernambuco

Allan Torres/ esp. DP/D.A Press

A greve dos policiais militares e bombeiros de Pernambuco chegou ao fim, na noite desta quinta-feira (15), com um rastro de destruição e crimes ocasionais por toda a Região Metropolitana do Recife. Segundo a Polícia Civil, 234 pessoas foram detidas e 102 autuadas em flagrantes nas ocorrências registradas após o início da greve.

A Coordenação de Operações e Recursos Especiais (Core), além de todas unidades especializadas e policiais das delegacias, foram para as ruas tentar evitar maiores danos. O trabalho recebeu o apoio da Polícia Rodoviária Federal e, nesta quinta, da Força Nacional, do Exército e da Companhia Independente de Operações na Área de Caatinga (Ciosac), da Polícia Militar

Ao todo, 180 policiais civis e 59 viaturas foram deslocados para as operações. Dentre os delitos registrados: furtos, roubos, perturbação do sossego, porte ilegal de arma de fogo e dano qualificado.

O Sindicato dos Empregados do Comércio do Litoral Norte divulgou um balanço das lojas saqueadas durante a greve dos policiais militares e bombeiros no estado. Segundo a entidade, mais de 200 lojas foram roubadas na Região Metropolitana de Recife.
Tags: