Passeata marca entrega de inquérito do caso Bernardo

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 13/05/2014 11:49

Agência Estado

Porto alegre, 13 - Centenas de moradores de Três Passos participaram de uma passeata para pedir justiça no caso do assassinato do menino Bernardo Uglione Boldrini, de 11 anos, ao mesmo tempo em que agentes da Polícia Civil entregavam o relatório do inquérito à Justiça no Fórum da cidade, na manhã desta terça-feira, 13.

As delegadas que comandaram a investigação vão apresentar as conclusões à imprensa durante a tarde. Pelas entrevistas anteriores, sabe-se que a madrasta Graciele Ugulini, a assistente social Edelvânia Wirganovicz e o pai, Leandro Boldrini, serão indiciados. As policiais devem revelar os detalhes ainda desconhecidos, como a motivação e a participação de cada um no planejamento, execução e ocultação do crime. Graciele afirmou que o menino morreu por ingestão acidental de calmantes que dava a ele. Edelvânia admitiu ter participado da ocultação do cadáver. Leandro diz que é inocente, versão que é confirmada pelas duas. Um irmão da assistente social, o motorista Evandro Wirganovicz, também está preso porque teria ajudado a cavar a cova na qual o corpo foi enterrado.

Na passeata, os moradores portaram cartazes com fotos do menino e a palavra "justiça". Eles se deslocaram da praça central para o fórum, onde cantaram o hino nacional, e de lá foram para a frente da casa na qual a família de Bernardo vivia.
Comentários O comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.