MTST suspende construção de barracos na zona leste

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 10/05/2014 18:37

Agência Estado

São Paulo, 10 - O Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) suspendeu na manhã de hoje a construção de novos barracos na ocupação batizada de "Copa do Povo", em Itaquera, zona leste de São Paulo. A coordenação do movimento estima que cerca de 4 mil famílias estejam acampadas no local. A área de 150 mil metros quadrados ocupada pelos sem-teto desde o sábado (3) é particular e fica a 4 quilômetros da Arena Corinthians, conhecida como Itaquerão, onde será o primeiro jogo da Copa do Mundo.

"O terreno já está cheio e saturado. A partir de agora, faremos uma lista de espera", disse Guilherme Boulous, um dos coordenadores do MTST.

De acordo com Boulous, a partir de agora, as pessoas que estiverem na lista de espera só poderão acampar no local caso haja desistência de famílias que já estão na ocupação.

Na tarde deste sábado, uma assembleia dos coordenadores do MTST com as famílias que acampam no local estava marcada para as 16 horas e deveria contar com a presença de outros movimentos que apoiam a "Copa do Povo". A convocação do chamado "Ato de Apoio" foi feita pela página do Facebook do MTST, que já foi curtida por mais de 18 mil pessoas.

Reintegração

Na última quarta-feira (7), a Justiça determinou a reintegração de posse do terreno que é propriedade da construtora Viver Empreendimentos e determinou que as famílias tinham 48 horas para a "desocupação voluntária".

Entretanto, na quinta-feira (8) o juiz Celso Maziteli Neto marcou para o dia 23 de maio a realização de uma audiência de conciliação antes de expedir o mandado de reintegração, caso a decisão de desocupar o imóvel não tenha sido cumprida até lá ou não tenha havido acordo entre as partes.
Comentários O comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.