Polícia detém 2º acusado de participar de linchamento em Guarujá

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 08/05/2014 11:37 / atualizado em 08/05/2014 11:53

Agência Estado

A polícia deteve na madrugada desta quinta-feira, 08, mais um acusado de participar do linchamento da dona de casa Fabiane Maria de Jesus, de 33 anos, ocorrido no último sábado, no Guarujá. Trata-se de Lucas Rogério Fabrício Lopes, de 19 anos, que foi localizado depois de uma denúncia anônima. Lopes seria o homem que passou por cima de Fabiane com uma bicicleta enquanto a dona de casa era espancada, de acordo com as imagens gravadas por cinegrafistas amadores.

De acordo com o delegado Aldo Galiano Junior, diretor do Departamento de Polícia Judiciária do Interior-6 (Deinter-6), a prisão temporária do acusado foi pedida à Justiça. O acusado está sendo ouvido em uma delegacia do Guarujá.

A polícia deve ainda tentar deter outros quatro acusados de participação no crime que foram identificados. Por fim, a conduta do responsável pela página no Facebook "Guarujá Alerta" também será analisada pela polícia. "Vamos verificar se houve incitação ao crime e quem fez isso", disse Galiano.

Em entrevista à reportagem, o responsável pela página onde foi divulgada o boato sobre a ação da suposta sequestradora de crianças na cidade disse que teria alertado a PM sobre os boatos e que recebeu centenas de ameaças após o caso. Fabiane foi linchada porque os moradores de seu bairro pensaram que ela era a "bruxa" que sumia com as crianças na região.

"As pessoas publicavam nos perfis delas e em outros perfis. Tinha gente publicando que havia uma criança morta dentro de caçamba de lixo no bairro Maré Mansa e gente dizendo que viu a sequestradora", disse o dono da página.
Tags: