14°/ 26°
Belo Horizonte,
23/SET/2014
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Reintegração de posse de terreno em Itaquera é ordenada

Agência Estado

Publicação: 07/05/2014 19:37 Atualização:

São Paulo, 07 - O juiz Celso Maziteli Neto concedeu nesta quarta-feira, 7, a ordem de reintegração de posse do terreno onde está a Ocupação Copa do Povo, em Itaquera, zona leste de São Paulo. No ofício, o magistrado pede ajuda à Polícia Militar. Não há data para o despejo.

Os cerca de 2,5 mil barracos que formam a Ocupação Copa do Povo começaram a ser erguidos no sábado, 3, em terreno particular de 155 mil metros quadrados, a cerca de 4 quilômetros do estádio que vai receber a abertura do Mundial. As famílias que estão no local recebem, em média, R$ 300 mensais do bolsa-aluguel da Prefeitura. Na segunda-feira, 5, a dona do terreno, controlada pela Viver S.A, havia pedido a remoção das famílias no imóvel.

"Chega a ser surpreendente, para dizer o mínimo, a rapidez com que o excelentíssimo juiz despachou em favor da incorporadora dona do terreno, desconsiderando que a área não cumpria com sua função social, servindo apenas como local para uso de drogas, assaltos, estupros, descarte de carros e desova de cadáveres", afirmou o líder da ocupação, Guilherme Boulos. Ele disse que a Copa do Povo "é resultado do aumento da especulação imobiliária que jogou o valor dos alugueis as alturas, expulsando os moradores mais pobres para regiões mais periféricas ainda e com uma estrutura ainda precária de serviços públicos". "Infelizmente, a decisão da Justiça corrobora com esse escândalo", finalizou.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história efaça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.