13°/ 24°
Belo Horizonte,
24/JUL/2014
  • (10) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Homem suspeito de estuprar criança tem o pênis cortado

Agência Estado

Publicação: 06/05/2014 18:37 Atualização: 06/05/2014 19:23

A Polícia Civil de Severínia, no interior de São Paulo, tenta identificar os suspeitos de cortar o pênis do caseiro Francisco de Souza de Castro, de 66 anos. Ele também teve três dedos de uma das mãos cortados. Castro é acusado de ter abusado de uma menina de três anos, que no domingo, 3, tinha sido levada pelos avós para se divertir em uma fazenda de Severínia, onde o homem trabalha como caseiro. Ao chegar domingo à noite em casa, a mãe percebeu o abuso.

O caseiro continua internado na Santa Casa de Barretos. Médicos do hospital não conseguiram reimplantar o órgão genital de Castro e tentavam refazer a ligação dos três dedos que foram cortados. "Pelos relatos que recebi do IML e pelas declarações da criança, houve estupro de vulnerável", afirmou o delegado responsável pelo caso Marcelo Pupo.

A polícia espera ouvir o caseiro ainda nesta terça-feira, 6. "Ele estava consciente e certamente saberá dizer quem foram os justiceiros", afirmou o delegado, que suspeita de parentes da criança. A delegada da Mulher de Severínia, Maria Tereza Vendramel, diz que só poderá afirmar a existência de crime de estupro após receber o laudo do IML, mas antes pretende ouvir testemunhas e a mãe da criança. "Recebemos o caso hoje (terça-feira) e estamos iniciando as apurações", disse.
Tags:

Esta matéria tem: (10) comentários

Autor: GIL SANTOS
acontece que mesmo que fique constatado que a menina foi realmente estuprada,como não teve flagrante o elemento sera solto até a in-justiça resolver julga-lo, isso se faz necessário,qndo temos certeza e o marginal confessou o crime vms fazer justiça com as proprias mão,basta de bandidagem solta. | Denuncie |

Autor: valmir marques
os unicos que ficam idignados com esses fatos são advogados..quando o povo faz justiça de verdade e, como no presente caso, "corta o mal pela raiz" eles endoidam o cabeção: menos um malfeitos pra ele gigolar e extorquir e depois por em liberdade pra que possam continuar ferrando o povo.. | Denuncie |

Autor: sebastião costa
Fizeram muito bem; quando houver punição para bandido, o povo respeita. | Denuncie |

Autor: sueli santos
Onde se tem a certeza da impunidade, as pessoas começam a fazer justiça com as próprias mãos. O problema é quando atingem inocentes de forma irreversível, como o caso da mulher espancada. Precisamos reverter isto, através de cobranças junto ao poder público para não virarmos criminosos também. | Denuncie |

Autor: Rene Magalhaes Costa
Veja onde estamos chegando. A policia quase não prende, quando prende ou o delegado solta, ou o Juiz, ou o Desembargador ou o Ministro. A população está cansando de tanta impunidade. Sou contra a justiça pelas próprias mãos, mas o pior é o criminoso ficar impune como vem acontecendo no país. | Denuncie |

Autor: VALTER ALVES SILVERIO
Deculpe Claúdia, mas não vou dizer a mesma coisa que vc disse quando repetir a frase do individuo acusado de linchar aquela mulher no Guarujá; "NÃO SABIA QUE ELA ERA INOCENTE". Será que perdemos o senso da cautela e da necessidade de buscar a verdade? 5000 anos de história pra nada serviram??? | Denuncie |

Autor: Humberto BG
Pessoal, é um suspeito. | Denuncie |

Autor: João G.
Isso não é justiça, é mais violência. Isso acontece em país desenvolvido? Não! Bandido tem que ser punido, mas da forma correta. Por que a população não cobra justiça da justiça. Afinal, esse país é de quem? | Denuncie |

Autor: claudia moreira
gostei | Denuncie |

Autor: Jair Jaci
Caso a moda pegue, vão pensar algumas vezes antes de tentar cometer crimes! | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história efaça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.