19°/ 25°
Belo Horizonte,
24/NOV/2014
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Alckmin inaugura sistema de recompensa por denúncias de crimes Lei foi sancionada na primeira passagem do governador em 2002. Só agora foi regulamentada e vale apenas para denúncias pela internet

Agência Estado

Publicação: 06/05/2014 15:31 Atualização: 06/05/2014 16:26

O governador Geraldo Alckmin (PSDB) anunciou nesta terça-feira, 06, o início do Programa Estadual de Recompensa, que pagará até R$ 50 mil para quem denunciar bandidos ou der à polícia informações que ajudem no esclarecimento de crimes. Um decreto sobre o tema já havia sido sancionado pelo próprio Alckmin em janeiro de 2002, mas ainda faltava regulamentação.

A recompensa será paga apenas a quem passar informações pelo sistema de web denúncia, que já responde por 27% das informações recebidas, por crimes previamente listados pela Secretaria de Segurança Pública (SSP). Informações repassadas pelo disque-denúncia, no número 181, não serão remuneradas.

Os valores das recompensas serão estabelecidos pela pasta de acordo com o tipo de crime e a dificuldade de encontrar os bandidos. Os recursos para o programa sairão do Fundo de Incentivo à Segurança Pública, administrado pela SSP.

O denunciante, que terá a identidade protegida, vai receber números de protocolo, senha e um cartão bancário virtual para acompanhar o uso das informações na investigação policial e buscar o dinheiro. O saque da recompensa pode ser feito em qualquer caixa eletrônico do Banco do Brasil no País.

A secretaria já divulgou dois crimes em que os denunciantes poderão receber pagamento. Um deles é um latrocínio, em abril, em que morreu o professor Gomidez Vaz de Lima Neto, de 46 anos, em frente a um supermercado na Vila Mariana, na zona sul da capital.

O outro é um homicídio na zona leste, que teve um aposentado como vítima. A recompensa para ambos será de R$ 5 mil. A SSP divulgará na próxima semana outros dez crimes que entrarão no programa.
Tags:

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história efaça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.