20°/ 35°
Belo Horizonte,
20/OUT/2014
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Ocupantes de terreno da Oi deixam Catedral Metropolitana do Rio Famílias vão ocupar uma quadra de futebol de salão construída para a Jornada Mundial da Juventude

Agência Brasil

Publicação: 03/05/2014 18:24 Atualização:

Por iniciativa da Arquidiocese do Rio de Janeiro, os ocupantes do terreno da Oi, no Engenho Novo, que estavam acampados há cerca de 15 dias na Catedral Metropolitana, no centro da cidade, saíram neste sábado (3) do local. Eles vão ocupar uma quadra de futebol de salão construída para a Jornada Mundial da Juventude, em julho do ano passado, pela Igreja Nossa Senhora do Loreto.

A quadra está localizada na entrada da Vila Residencial do Galeão, na Ilha do Governador, informou o coordenador da Pastoral das Favelas, padre Luiz Antonio Pereira.

Procurada pela Agência Brasil, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social esclareceu que a prefeitura não participou da ação, tendo apenas disponibilizado veículos para o transporte do grupo, atendendo a um pedido da arquidiocese.

Padre Luiz Antonio Pereira disse que foram propostos mais dois lugares para o acolhimento das famílias - Coelho Neto e Pilares -, mas a comissão formada pelos ocupantes escolheu a primeira opção, depois de visitar ontem (2) os locais oferecidos.

Ele não soube dizer, entretanto, até quando as famílias permanecerão no local. “Neste primeiro momento, estamos acolhendo e chamando a prefeitura e o estado para a negociação. Porque, se eles estavam na rua e a prefeitura tinha dificuldade de negociar, agora eles estão abrigados. Quem sabe, agora, a prefeitura vai ceder e ajudar nessa negociação, fazendo com que eles alcancem o objetivo?”, indagou.

O terreno da Oi foi ocupado no fim de março passado. A reintegração de posse ocorreu no dia 11 de abril, em meio a tumulto. Os invasores seguiram então para a área em frente à prefeitura, onde permaneceram acampados durante uma semana, antes de ir para a Catedral.
Tags:

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história efaça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.