19°/ 25°
Belo Horizonte,
24/NOV/2014
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Beltrame suspende folga de policiais contra crime

Agência Estado

Publicação: 02/05/2014 19:31 Atualização:

Rio, 02 - O secretário de Segurança do Rio, José Mariano Beltrame, afirmou nesta sexta-feira, 2, que suspenderá uma folga semanal dos policiais militares para aumentar o patrulhamento ostensivo nas ruas do Estado. O anúncio foi feito em visita à favela Baixa do Sapateiro, no Complexo da Maré, depois da divulgação do aumento dos índices de criminalidade no Estado divulgados pelo Instituto de Segurança Pública (ISP).

A medida, que seria implantada na Copa do Mundo, foi antecipada para a próxima segunda-feira, 5. "Antes isso (suspensão das folgas) era feito na mão grande, os policiais era obrigados, o que é possível de ser feito pelo regime militar. Estamos trazendo eles (policiais) para o serviço, só que com um diferencial muito grande que é pagando Regime Adicional de Serviços (RAS - pagamento de horas extras)".

"Vamos dar a ostensividade necessária para tentar diminuir as incidências (criminais). Praticamente todo o efetivo (será alocado) em cima das manchas criminais. Vamos continuar medindo e ver se porventura outras medidas serão necessárias (para redução dos índices)".

Criminalidade

A divulgação do índice de criminalidade aponta para recrudescimento da violência nos primeiros três meses de 2014 em relação ao mesmo período do ano passado. Os autos de resistência (morte em confronto com a polícia) subiram 59% - passaram de 96 para 153 casos. Os homicídios dolosos (aqueles em que houve intenção de matar) tiveram aumento de 22%. Foram registrados 1.197 casos entre janeiro e março de 2013 e 1.459 no mesmo período deste ano.

Os registros de crimes contra o patrimônio também tiveram aumento. Roubos de veículo subiram 50,7% (de 6.111 para 9.209). Roubos de carga passaram de 856 episódios para 1.388 (aumento de 62,1%). Roubos de estabelecimentos comerciais cresceram 54,7%, de 1.475 ocorrências para 2.282.

Os chamados roubos de rua (a transeunte, roubo de celular e em transporte coletivo) tiveram aumento de 46,2% - passaram de 16.196 para 23.675. O que teve crescimento maior, em números absolutos, foi a modalidade roubo a transeunte - 20.152 pessoas foram assaltadas nas ruas entre janeiro e março deste ano; no mesmo período do ano passado foram 13.822.

Indicadores da produtividade do trabalho policial também tiveram crescimento. O maior deles foi na recuperação de veículos - aumento de 47,7% (de 4.647 para 6.864). Os registros de apreensão de drogas e de armas tiveram aumento de 12,4% e 9,1% respectivamente. Também houve mais prisões e apreensões. Foram cumpridos 14,9% mandados de prisões a mais do que nos três primeiros meses de 2013 (aumento de 3.767 para 4.327). As prisões cresceram 9,9% (de 7.287 para 8.009) e as apreensões de crianças e adolescentes subiram 9,2% (de 1.730 para 1.890).

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história efaça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.