15°/ 28°
Belo Horizonte,
21/NOV/2014
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Estradas de SP terão 1,6 mil policiais no feriado

Agência Estado

Publicação: 29/04/2014 18:01 Atualização:

Sorocaba, 29 - A expectativa de que o paulistano emende o feriado de 1 de maio, Dia do Trabalho, com o final de semana levou a Secretaria da Segurança Pública do Estado de São Paulo a dispor de todo efetivo da Polícia Militar Rodoviária para a fiscalização das estradas. Serão empregados 1.600 policiais em 700 viaturas, além de helicópteros, durante o feriado prolongado. A fiscalização da velocidade será feita por meio de 61 radares móveis inteligentes - que podem ser usados com a viatura em movimento e identificam pela placa veículos furtados ou irregulares -, 125 radares portáveis e 93 fixos, além dos sistemas integrados às câmeras de monitoramento das rodovias.

Os policiais vão dispor de 349 bafômetros para testes de embriaguez. O condutor que for flagrado dirigindo após ter bebido será multado em R$ 1.915,40 e pode ter o veículo apreendido e a carteira de habilitação suspensa, além de responder a processo. A operação vai até a meia-noite de domingo. A previsão é de que o movimento de saída para o feriado se intensifique nas rodovias a partir das 14 horas desta quarta-feira, 30, com pico entre 16 e 20 horas. Nas principais rodovias haverá restrição para a passagem de cargas superdimensionadas.

Em algumas rodovias, os motoristas vão encontrar trechos em obras. Nesta quarta, a rodovia Raposo Tavares (SP-270) terá trechos interditados para obras de duplicação entre o km 117 e o km 132, em Araçoiaba da Serra, e entre o km 146 e o km 148, na região de Sarapuí. O tráfego fluirá por uma faixa. A obra será suspensa de quinta a domingo, mas a pista tem locais sem acostamento. Na rodovia Presidente Dutra, sentido Rio de Janeiro, haverá restrição de tráfego no km 123,1, em Caçapava, em razão de obras na ponte sobre o Córrego Caetano.

No Sistema Anhanguera-Bandeirantes, sentido interior, as obras foram suspensas, mas na quinta-feira e no domingo, das 14 às 22 horas, os caminhões que se destinam à capital não podem transitar pela Bandeirantes, no trecho do km 48 ao km 23, e devem utilizar apenas a Via Anhanguera. A concessionária do sistema fará coleta de agasalhos para a campanha do Fundo Estadual de Solidariedade nos postos de abastecimento.

Na rodovia Régis Bittencourt (BR-116), podem ser instaladas faixas reversíveis no trecho da Serra do Cafezal, entre Juquitiba e Miracatu. Se houver necessidade, a Polícia Rodoviária Federal vai liberar o trânsito pelo acostamento.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história efaça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.