PM acusado de matar namorada no Rio se entrega

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 28/04/2014 16:37

Agência Estado

Rio, 28 - O cabo da Polícia Militar Leandro Pinto de Carvalho, acusado de matar a namorada, a dentista Fabíola da Cunha Peixoto, se entregou na tarde desta segunda-feira, 28, à Divisão de Homicídios do Rio. Ele estava foragido e foi indiciado por homicídio qualificado. A PM informou que o cabo estava afastado da corporação desde 2010 pelo setor de psiquiatria.

Fabíola, de 25 anos, foi assassinada com quatro tiros na madrugada deste domingo, 27, quando voltava de um pagode com o PM. O casal discutia por causa de uma crise de ciúmes de Carvalho, de 36 anos. Eles namoravam havia 10 meses. A mãe do policial testemunhou o crime. Policiais da Divisão de Homicídios fizeram uma busca na casa do cabo e apreenderam R$ 63 mil em dinheiro, joias e um cheque de R$ 200 mil. Ele seria dono de um estabelecimento comercial.
Comentários O comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.