Agente que disparou em DP é indiciado por homicídio

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 28/04/2014 15:31

Agência Estado

São Paulo, 28 - A Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP-SP) informou nesta segunda-feira, 28, que o agente de telecomunicações André Bordwell da Silva foi indiciado por homicídio doloso e será preso em flagrante assim que deixar o hospital, onde permanece sob escolta. Bordwell foi o responsável pelos disparos que atingiram duas pessoas que estavam no 2º DP de Santo André no sábado, 26. Na ocasião, o médico Ricardo Seiti Assanome, que estava no DP para registrar um Boletim de Ocorrência, acabou morrendo após ser baleado. A Corregedoria da Polícia Civil investiga o episódio ocorrido na noite de sábado. Segundo a SSP-SP, o tiroteio que aconteceu na delegacia teria sido provocado porque os policiais confundiram a entrada de um policial militar à paisana, que buscava abrigo no distrito, com um ataque de bandidos.
Comentários O comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.