Mulher é atingida por bala perdida e morre no Rio

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 27/04/2014 22:40

Agência Estado

Uma mulher foi baleada e morreu na noite deste domingo após um tiroteio entre policiais e criminosos na favela Nova Brasília, no Complexo do Alemão. Ela foi socorrida e levada para a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) do Alemão, mas não resistiu aos ferimentos.

Por volta das 20h, cerca de 50 moradores da comunidade faziam uma manifestação pacífica no local por causa da morte da mulher, na altura da Estrada do Itararé. O policiamento na região foi reforçado.

Segundo informações da Coordenadoria de Polícia Pacificadora, cinco policiais faziam o patrulhamento na Rua 2 por volta das 18h30, quando se depararam com um grupo de criminosos armados. Eles teriam atirado contra os policiais que revidaram. Com a troca de tiros intensa, os policiais saíram da rua e os bandidos fugiram.

Cerca de 10 minutos depois, os PMs foram chamados por moradores porque a mulher pedia socorro e dizia ter sido atingida por uma bala perdida. Ela teria caminhado de um beco, onde foi baleada, até o Largo da Vivi, local de maior movimento na comunidade. A mulher foi levada para a UPA e teria dito, segundo um policial que falou com ela no momento do socorro, que a bala perdida a atingiu no beco e ela decidiu caminhar até o largo.

A Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da Nova Brasília foi inaugurada em 18 de abril de 2012. No site da UPP é informado que "a retomada do Complexo do Alemão pelas forças de segurança aconteceu no fim de novembro de 2010 e representa um marco para a Segurança Pública do Estado do Rio de Janeiro".
Tags:
Comentários O comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.