19°/ 25°
Belo Horizonte,
24/NOV/2014
  • (3) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Viúva do pedreiro Amarildo é detida após briga com PMs

Agência Estado

Publicação: 26/04/2014 14:43 Atualização:

A doméstica Elisabete Gomes da Silva, viúva do pedreiro Amarildo Dias de Souza, desaparecido desde julho do ano passado na Favela da Rocinha, na Zona Sul do Rio, foi detida após se desentender com policiais militares na comunidade. Segundo a Polícia Civil, Elisabete foi acusada de tentativa de lesão corporal, desacato e resistência.

A ocorrência foi registrada na 11ª Delegacia de Polícia, na própria comunidade. Elisabete prestou depoimento, mas já foi liberada. Ela teria xingado policiais militares da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) na manhã deste sábado, quando um grupo de moradores ensaiava uma manifestação. O caso será encaminhado ao Juizado Especial Criminal (Jecrim).

Amarildo desapareceu na noite de 14 de julho de 2013, aos 43 anos, quando foi conduzido por policiais à sede da UPP da Rocinha "para averiguação". Em processo que tramita na 35ª Vara Criminal do Rio, 25 policiais militares são acusados de envolvimento na tortura seguida de morte e ocultação de cadáver do pedreiro.
Tags:

Esta matéria tem: (3) comentários

Autor: Marco Pereira
Em toda profissão, tem os maus. Agora imaginem vocês se não fosse necessário o trabalha da PM...seria c omo o brasileiro gosta de viver: na zorra total...e aí que o crime iria rolar solto, do jeito que eles gostam...PRA QUE POLÍCIA? EU PAGARIA TUDO O QUE TENHO PRA VER UMA SOCIEDADE SEM PM... | Denuncie |

Autor: Marco Pereira
Eu sinto muito mas, no Rio de Janeiro, criminosos quando são pegos, são todos santos e tem mais: a maioria dos favelados defendem criminosos e aí quando a polícia precisa intervir, ela que é errada, os militares são assassinos...PRA QUE POLÍCIA? A POPULAÇÃO VIVE EM PAZ, TUDO ZEM...PRA QUE POLÍCIA... | Denuncie |

Autor: Nilton primo
O Bruno foi preso pelo mesmo crime! porque os policiais nesse crime barbaro nao foram presos? a injustica brasileira, tem dois pesos e duas medidas. | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história efaça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.