Garoto de 12 anos é baleado durante protesto em Copacabana

Vítima foi atingida durante um protesto na comunidade Pavão-Pavãozinho contra a morte de um dançarino

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 22/04/2014 20:07 / atualizado em 22/04/2014 20:07

Agência Estado

Um menino de 12 anos de idade foi baleado por volta das 18h desta terça-feira durante protesto de moradores do Morro do Pavão-Pavãozinho na Zona Sul do Rio de Janeiro. Os manifestantes protestavam contra a morte do dançarino Douglas Rafael da Silva Pereira. O garoto, que, segundo os moradores, tem problemas mentais, foi atingido quando descia a Ladeira San Roman perto da esquina com a Rua Sá Ferreira, em Copacabana. Segundo os relatos, ele estava sozinho e com as mãos para o alto.

A Ladeira San Roman, principal acesso ao Pavão-Pavãozinho, continua bloqueada por várias fogueiras acesas por moradores. Parte da comunidade está sem energia elétrica.

De acordo com moradores, o garoto foi colocado em uma viatura e, depois, retirado do local.
Tags:
Comentários O comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.