Corregedoria ouve PMs suspeitos de divulgar vídeo com pessoas baleadas

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 16/04/2014 16:49 / atualizado em 16/04/2014 17:26

Agência Estado

A Polícia Militar começou a ouvir na manhã desta quarta-feira, 16, na Corregedoria, 12 PMs suspeitos de terem divulgado vídeos e fotos de três baleados agonizando no chão após uma troca de tiros, afirmou o comandante-geral Benedito Roberto Meira, durante evento na sede do governo. Segundo ele, caso seja comprovada a participação desses policiais, eles podem ser presos e expulsos da corporação "Eles estão sendo ouvidos individualmente pra gente saber a versão de cada um deles", disse Meira.

Serão ouvidos seis PMs do 29º batalhão de policiamento militar metropolitano e outros seis da 48º DP. "O objetivo é tentar identificar o policial, se é que foi um policial que fez as imagens", afirmou Meira. O comandante também disse que a corporação abomina as imagens e que "isso não se faz com ninguém".

Caso

O vídeo, que circula na internet, mostra três homens agonizando e sangrando após serem baleados por policiais militares em São Paulo. A cena foi filmada após uma tentativa de assalto na manhã do último dia 8, na Vila Curuçá, zona leste de São Paulo.
Tags:
Comentários O comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.