17°/ 29°
Belo Horizonte,
25/OUT/2014
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

TCE critica contaminação do câmpus da USP Leste

Agência Estado

Publicação: 16/04/2014 09:49 Atualização:

São Paulo, 16 - O Tribunal de Contas do Estado (TCE) também questiona o depósito de terra de origem desconhecida no câmpus da USP Leste durante 2011, umas das principais causas de contaminação do terreno. Por problemas ambientais, a unidade está interditada judicialmente desde janeiro, a pedido do Ministério Público Estadual (MPE).

O TCE critica a ausência de licitação para movimentar o material e afirmou que, apesar do histórico de irregularidades ambientais do câmpus, "nenhuma providência eficaz" foi adotada pela USP. O diretor da unidade à época, José Jorge Boueri Filho, é alvo de investigação do MPE pelo depósito clandestino. A estimativa é de que a remoção de terra custe R$ 20 milhões. A USP informou que tem adotado todas as medidas exigidas pela Justiça e pelo MPE. As informações são do jornal

O Estado de S. Paulo.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história efaça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.