Irmão da cantora Negra Li é encontrado morto em São Paulo

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 14/04/2014 09:07 / atualizado em 14/04/2014 10:09

Agência Estado

Gilson Francisco de Carvalho, de 41 anos, irmão da cantora Negra Li, foi morto na noite de sábado, 12, na Freguesia do Ó, zona norte de São Paulo. Ele foi baleado duas vezes no rosto, segundo a Polícia Civil.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública do Estado (SSP), Carvalho foi encontrado em um terreno da Avenida Elísio Teixeira Leite. Uma testemunha havia saído de uma festa na região e, quando andava para casa, ouviu gritos de socorro da vítima. Entretanto, quando a pessoa que foi ajudar Carvalho o encontrou, ele já não se mexia nem respondia a estímulos.

A testemunha chamou a Polícia Militar e declarou ainda não ter escutado barulho de disparos. Os policiais confirmaram a morte no local e disseram não terem encontrado cápsulas de balas no local. A Secretaria da Segurança Pública não deu detalhes sobre o que perícia encontrou ali.

No terreno onde Carvalho morreu funciona uma quadra de futebol e um bar, na altura do número 2.796 da avenida. A polícia informou que não encontrou testemunhas que viram a vítima ali antes de ele morrer.

O caso foi registrado no 72º Distrito Policial (Vila Penteado), mas será investigado pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) a pedido do delegado que supervisionou o registro da ocorrência. O DHPP não deu informações sobre as investigações ontem.

Reação
Negra Li, que cresceu na zona norte, manifestou-se sobre a morte do irmão em seu perfil no Facebook. "Obrigada pelas mensagens de conforto... Não existem palavras nesse momento...", escreveu. Sua assessoria de imprensa não foi localizada para comentar o caso.

A cantora, atualmente, interpreta a personagem Maria Madalena no musical Jesus Cristo Superstar, em cartaz no Complexo Ohtake Cultural, em Pinheiros, zona oeste da capital paulista. Por causa do ocorrido, na apresentação da noite de ontem ela foi substituída pela atriz Olívia Branco.

Criminalidade
A região da Vila Penteado tem registrado aumento da criminalidade. Nos dois primeiros meses deste ano, segundo balanço da SSP, ocorreram quatro homicídios na área do 72.º Distrito Policial; no mesmo período do ano passado, foram dois.

O número de roubos (exceto o de veículos), aumentou 18%, de 133 para 157 ocorrências. E os furtos tiveram alta de 21,9% (de 160 para 195 casos). O número de pessoas presas em flagrante aumentou de 150 para 206 (37,3%).

Tags:
Comentários O comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.