Ministério diz que investiu R$ 37,7 bi na saúde

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 09/04/2014 09:19

Agência Estado

O Ministério da Saúde contestou dados divulgados pela Comissão de Direitos Humanos em uma fiscalização feita em urgências e emergências de oito hospitais do País, feita em parceria com o Conselho Federal de Medicina (CFM). Em nota enviada ao jornal O Estado de S. Paulo, o ministério informou que, de 2004 a 2013, investiu em obras e equipamentos 99% do orçamento autorizado para a área, chegando a R$ 37,7 bilhões. O crescimento no investimento teria sido de 428%.

"Esses valores se referem à dotação disponível para uso e não à dotação autorizada (a qual se baseia o estudo do CFM), que está sujeita ao contingenciamento anual definido pela área econômica do governo", diz o texto.

O ministério também afirma estar investindo na área de atenção básica. Segundo a nota, em 2013 foram gastos R$ 57,4 bilhões para pagar equipes de atenção básica, medicamentos, vacinas e tratamentos de câncer, cirurgias e internações no Sistema Único de Saúde (SUS).

As informações são do jornal

O Estado de S. Paulo.