Com tempo seco, queimadas aumentam 45% em SP

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 08/04/2014 18:01

Agência Estado

Sorocaba, 08 - A falta de chuvas que ameaça de colapso o abastecimento da Região Metropolitana de São Paulo também fez aumentar em 45% o número de queimadas no início deste ano no Estado, em relação ao ano passado. De acordo com o monitoramento por satélites realizado pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), de 1º de janeiro à manhã desta terça-feira, 8, foram registrados 316 focos de incêndios em todo o Estado de São Paulo. Em 2013, no mesmo período, ocorreram 217 queimadas. O número de ocorrências no primeiro trimestre de 2014 é o maior dos últimos cinco anos.

A estiagem atípica antecipou o período de queimadas no interior do Estado, que normalmente coincide com o fim do ciclo de chuvas e a entrada do inverno. O calor e a baixa umidade do ar têm contribuído para a propagação do fogo. Nesta terça-feira, uma queimada destruiu cerca de oito mil metros quadrados da área verde de um loteamento no entorno do Parque Municipal Chico Mendes, em Sorocaba. Equipes do Corpo de Bombeiros e da Patrulha Verde da prefeitura trabalharam cinco horas no combate às chamas. O fogo chegou a atingir o parque. Uma máquina de terraplenagem foi usada para impedir que as chamas se alastrassem pela unidade de conservação municipal.
Comentários O comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.