17°/ 31°
Belo Horizonte,
01/NOV/2014
  • (10) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Brasil é o país 'mais perigoso' para os jornalistas

Agência Estado

Publicação: 08/04/2014 09:49 Atualização: 08/04/2014 10:29

Com quatro mortes, num total de nove em todo o continente americano nos últimos seis meses, o Brasil marcou-se como o país mais perigoso da região para os jornalistas. Os relatórios de 25 países, lidos e aprovados nesta segunda-feira, 7, no encerramento da Reunião de Meio de Ano da Sociedade Interamericana de Imprensa (SIP), em Barbados, no Caribe, apontam mais dois mortos no México, outros dois em Honduras e um na Colômbia. No encontro anterior, em Denver, nos EUA, o balanço foi de 14 mortes, duas delas no Brasil. A próxima reunião será em outubro em Santiago do Chile.

O texto final de Barbados fala em "violência galopante" e "claros retrocessos" para a liberdade de informação na América Latina, além de "um aumento no nível de autocensura" na Argentina, Peru, México e Honduras. Isso se deve aos maiores cuidados dos editores e repórteres ao divulgar informações, confrontados com o risco de altas multas e processos.

Um dos destaques é a "angustiante situação" da Venezuela, onde o governo vem dificultando a compra de papel e pelo menos 20 jornais estão ameaçados de parar de circular dentro de dois meses. A imprensa do país "vive seu momento mais dramático", com 105 jornalistas detidos desde outubro "e agressões e ameaças sem precedentes".

Dos demais relatórios, os da Argentina, Equador, México e Colômbia são também preocupantes. O argentino acusa o governo de fazer da publicidade oficial "uma arma para premiar ou castigar" aliados e adversários. Na Colômbia, além dos dois mortos outros cinco crimes prescreveram e 142 seguem impunes. O relatório do Equador adverte que o governo aprovou novo Código Penal e passou por decreto uma Lei de Comunicações. Até o relatório dos Estados Unidos mereceu atenção especial: o informe relata os conflitos entre a mídia e o governo, que aumentou as restrições para divulgar informação. 
Tags:

Esta matéria tem: (10) comentários

Autor: Anderson
Não é só pra jornalista não! É pra todo mundo!!! | Denuncie |

Autor: Aloisio Antonio Cabral
Precisa pesquisar se eles são mortos por atividade na profissão ou por motivos diversos. São muitos os assassinados no Brasil e de várias categoria profissionais.As estatísticas devem ser precisas e não aleatórias. | Denuncie |

Autor: Yan Wajdowicz
perdemos o respeito por todas as regras /normas/leis Brasil ,um País em extinção. | Denuncie |

Autor: sebastião costa
Está pior do que a era militar. Ninguém acha que está errado? Por que? O ditador agora, é outro e leglizado. Protege até bandido. | Denuncie |

Autor: ANTONIO ANDRADE
Estamos voltando ao período barbaro, cada um por si, olho por olho dente por dente. A religião acabando, o povo sem temor a Deus. Religião sempre foi e sempre será freio social, a partir do momento que o povo perde o temor ao castigo divino vira tudo uma baderna. ai ta feito o caos. | Denuncie |

Autor: ANTONIO ANDRADE
País onde políticos roubam a vontade, ainda são reeleitos, onde menores podem roubar e matar que não dá em nada, paisinho de m. políticos d m. e eleitore spiores ainda. A dilma não vê nada não sabe de nada. é igual uma tartaruga em cima de um poste, não sabe como chegou lá, mas ta lá. | Denuncie |

Autor: sebastiao dipaula
Venezuela, país democrático? como? quando? tornou-se uma baita ditadura, onde não há direito das pessoas de se manifestarem livremente. | Denuncie |

Autor: João C. Silva
Uma novidade para os jornalistas então!! O Brasil é o país mais perigoso para TODO MUNDO!!! | Denuncie |

Autor: Arnoldo Palomino
O Brasil é o país mais perigoso para qualquer profissão! | Denuncie |

Autor: Voltaire Lemos
Todo mundo está vendo que o Brasil está perigoso, menos a Dilma. E pq??? Primeiro pq ela é do PT, coleguinha do Lula, ou seja, não sabe de nada, não vê nada, não ouve nada. Segundo, pq ela está preocupada com a renda da Copa do Mundo e não com os brasileiros. | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história efaça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.