20°/ 35°
Belo Horizonte,
01/OUT/2014
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Pezão diz ser 'impossível' retirar água do rio Paraíba

Agência Estado

Publicação: 04/04/2014 13:31 Atualização:

Rio, 04 - O novo governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão (PMDB), falou sobre a principal divergência entre o Estado e São Paulo: a transposição das águas do rio Paraíba do Sul, proposta pelo governador paulista, Geraldo Alckmin (PSDB), como alternativa para períodos de seca no sistema Cantareira.

Após a cerimônia de posse na manhã desta sexta-feira, 4, na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), Pezão disse que o tema será analisado por técnicos do Rio, de São Paulo e da Agência Nacional de Águas (ANA), por se tratar "de um rio nacional". Ele também afirmou que não medirá esforços para que a atual destinação das águas seja mantida.

"Hoje, é impossível retirar água do Paraíba do Sul. Não vejo qualquer outra destinação (para as águas) a não ser a que já é feita pelos estados do Rio e de Minas Gerais. Não vou medir esforços para que continue assim", comentou.

O rio Paraíba do Sul nasce em São Paulo e passa pelo Rio e por Minas Gerais. No Estado fluminense, abastece 15 milhões de pessoas, além de abastecer as cidades do Vale do Paraíba, em São Paulo.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história efaça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.