Aves silvestres eram traficadas em caixas de leite no interior de São Paulo

Dono da bagagem é preso, mas não revela qual seria o destino dos animais, que agora serão devolvidos à natureza

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 01/04/2014 14:20 / atualizado em 01/04/2014 16:25

Agência Estado

A Polícia Rodoviária Estadual apreendeu 47 pássaros silvestres acondicionados em caixas de leite longa-vida, na madrugada desta terça-feira, 1º, em Itapeva, no sudoeste paulista. As caixas com as aves estavam no interior de uma mala, no bagageiro de um ônibus que procedia do Paraná e seguia para São Paulo. A abordagem ocorreu num posto de fiscalização rodoviária, na rodovia Francisco Alves Negrão (SP-258).

De acordo com os policiais, 33 pássaros são da espécie trinca-ferro e 14 são canários-da-terra. As duas espécies são da fauna brasileira e apreciadas pelo canto. Como são altamente valorizadas por criadores, tornam-se alvos de caçadores e contrabandistas de animais silvestres. A criação ou posse desses pássaros necessita de autorização do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

O dono da bagagem, que não tinha licença para a posse das aves, foi detido e levado à delegacia da Polícia Civil de Itapeva. Ele não quis revelar a quem entregaria as aves. O homem prestou depoimento e foi liberado, mas foi multado e responderá por crime ambiental. As aves foram recolhidas pela Polícia Ambiental de Itapeva e devem ser devolvidas à natureza.
Tags:
Comentários O comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.