Alunos mantêm ocupação na reitoria da UFSC

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 26/03/2014 16:31

Agência Estado

Florianópolis, 26 - Em assembleia aberta realizada no início da tarde desta quarta-feira, 26, estudantes acampados em um dos prédios da reitoria da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) decidiram permanecer com a ocupação. Os manifestantes tinham colocado duas condições para deixar o prédio: a liberação dos cinco jovens detidos pela Polícia Federal na terça-feira, 25, por porte de maconha e a assinatura de um documento pela reitora, Roselane Neckel, proibindo a entrada da PM no campus. A liberação dos detidos ocorreu após a assinatura de um termo circunstanciado, mas os estudantes decidiram manter a ocupação até que se cumpra a segunda reivindicação.

Na reunião, um dos estudantes detidos relatou que quatro agentes da PF sem identificação o abordaram na tarde de ontem e exigiram revista em seus pertences. Ele não entrou no mérito da arbitrariedade, mas disse que a ação ocasionou protestos de outros estudantes, levando ao confronto com os policiais. A advogada que representou os jovens, Daniela Félix, também participou da reunião e recomendou a quem tenha se ferido durante o confronto que faça exame de corpo de delito no Instituto Geral de Perícias, para embasar uma possível ação contra a polícia.

Uma nova audiência pública marcada para as 16h foi agendada pela UFSC para discutir o tema, com a presença da reitora. Depois da audiência, os manifestantes realizarão nova assembleia para definir o futuro do movimento.
Comentários O comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.