16°/ 30°
Belo Horizonte,
24/OUT/2014
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Babá é acusada de matar bebê de 7 meses no Rio Empregada agrediu criança por ficar irritada com o constante choro

Agência Estado

Publicação: 26/03/2014 15:37 Atualização: 26/03/2014 16:11

A babá Ingrid de Carvalho Cristino, de 20 anos, é acusada de matar o bebê Paulo Henrique Cezário dos Santos, de 7 meses, na noite desta terça-feira, 25. O crime aconteceu no Morro de São Carlos, no Estácio, zona norte do Rio. Segundo o delegado assistente da 17ª DP (São Cristóvão), Othon Alves Filho, ela foi presa em flagrante por homicídio qualificado por motivo fútil.

Ingrid cuidava do bebê, da filha de três anos e de outras crianças, quando o menino começou a chorar por volta das 14h30. Irritada, ela bateu no menino e depois pisou no pescoço e no peito do bebê. Com a impacto, o coração e a coluna de Paulo Henrique foram atingidos.

"Ela deu duas cotoveladas no diafragma da criança, que estava na cama e caiu. Depois ela pisou no pescoço e na barriga do bebê", afirmou o delegado. Ele acrescentou que a babá não demonstrou arrependimento.

Quando chegou para buscar o bebê, por volta das 17h30, a mãe, Nathali Fernandes Cesário, de 21 anos, percebeu que havia algo errado, levou o filho para o Hospital Central da Polícia Militar (HCPM), que fica na frente do morro. Paulo morreu no início da noite.

Ingrid e a filha de 3 anos acompanharam Nathali até o hospital. Lá a menina contou para duas mulheres que a mãe tinha ido a uma festa de noite e não estava conseguindo dormir com o choro de Paulo Henrique. As mulheres chamaram a polícia e ela foi levada para a 17ª DP, onde confessou o crime. Ela disse que não estava dormindo, mas que "não aguentava o choro" do bebê. A babá foi levada para um presídio feminino.

Ingrid cuidava de Paulo Henrique há quatro meses. "Era um bebê puro, que nunca fez mal a ninguém", disse o pai Luiz Henrique Soares dos Santos, de 24 anos. Santos e Nathali têm outro filho, Pedro, de 3 anos, que estava na creche quando o irmão foi morto.
Tags:

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história efaça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.