Presidente da ANA critica disputa entre SP e Rio

Governadores têm trocado farpas pela imprensa sobre possível transposição de água do Rio Paraíba do Sul

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 25/03/2014 18:01 / atualizado em 25/03/2014 18:09

Agência Estado

O presidente da Agência Nacional de Águas (ANA), Vicente Andreu, criticou nesta terça-feira, 25, a disputa entre os governos estaduais de São Paulo e do Rio de Janeiro em torno da transposição de água da Bacia do Rio Paraíba do Sul para o Sistema Cantareira.

"Estou apreensivo com o tom das declarações dos governadores", disse Andreu. "Esta situação de sair pintando o rosto e dizer 'não tira nenhuma gota daqui, todas as gotas são minhas' não contribui. Não podemos deixar essa discussão se contaminar pelo calendário eleitoral", disse Andreu.

Para ele, os dois governos precisam "sentar à mesa" para discutir o projeto e chegar a um consenso e evitar uma guerra pela água que pode desencadear novas disputas em outros Estados. "Não é preciso que a ANA medie esse debate. Qualquer decisão arbitrária terá pouco tempo de duração. Tem de ter disposição de aceitar um debate sério", disse Andreu.

Na semana passada, o governador Geraldo Alckmin (PSDB) apresentou projeto para transpor água da represa Jaguari, no Vale do Paraíba, para a represa Atibainha, no Sistema Cantareira, que sofre com a pior estiagem da história. A proposta foi rechaçada pelo governador do Rio, Sérgio Cabral (PMDB), porque o Jaguari é afluente do Rio Paraíba do Sul, que abastece 11 milhões de pessoas na Região Metropolitana do Rio.

Vicente Andreu participou de debate na Assembleia Legislativa de São Paulo sobre a crise de água no Estado com deputados estaduais e representantes da Companhia de Saneamento Básico no Estado de São Paulo (Sabesp), da Federação Nacional dos Urbanitários e do Ministério Público Estadual.
Tags:
Comentários O comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.