Polícia detém suspeitos de acariciar mulheres no Metrô

Com denúncias recentes de grupos de molestadores, polícia aumenta segurança em estações de São Paulo

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 20/03/2014 15:37 / atualizado em 20/03/2014 17:42

Agência Estado

Mais dois casos envolvendo assédio a mulheres no Metrô de São Paulo foram registrados nesta quinta-feira, 20. Os atos, segundo a Polícia Civil, ocorreram na Linha 3-Vermelha e na Estação Consolação, na Linha 2-Verde. Duas adolescentes estão entre as vítimas e dois homens estavam detidos na Delegacia de Polícia do Metropolitano (Delpom) no início da tarde.

No episódio das jovens, que têm 15 e 16 anos de idade, o detido é suspeito de tê-las perseguido entre as Estações Brás e Sé, na Linha 3. A avó de uma das meninas contou que, em fevereiro, o homem já as havia seguido no mesmo trajeto tendo, inclusive, passado a mão nas nádegas das adolescentes. Naquela época, elas não prestaram queixas, mas hoje afirmaram ter gritado quando desembarcaram na Sé e notaram o suspeito atrás delas.

A outra ocorrência envolve um homem que teria acariciado as coxas de uma mulher na plataforma da Estação Consolação, na Linha 2-Verde. Agentes de segurança da parada o detiveram depois de receber a denúncia da mulher. Os dois suspeitos, que estavam na carceragem do Delpom, negam as acusações.

Masturbação

A Delpom também recebeu a denúncia contra um bancário de 38 anos flagrado se masturbando no meio do banheiro masculino da Estação Brás da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM). O ato ocorreu por volta das 6h30 desta Quinta-feira. O homem foi detido por agentes de segurança da CPTM e levado à Delpom, onde assinou, acompanhado da advogada, um termo circunstanciado por ato obsceno. Ele foi liberado em seguida. Segundo policiais, quem o denunciou foi um homem que entrou no sanitário com o filho pequeno enquanto o bancário praticava a masturbação.
Tags: