17°/ 29°
Belo Horizonte,
25/OUT/2014
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Tarifas de trem e metrô terão reajuste no Rio Passagens terão aumento mesmo com desonerações de imposto concedidas pelo governo

Agência Estado

Publicação: 18/03/2014 15:37 Atualização: 18/03/2014 16:31

A agência reguladora de transportes do Rio (Agetransp) autorizou o reajuste das tarifas de trens e metrô, com base no Índice Geral de Preços do Mercado (IGP-M). A decisão será aplicada em 60 dias, a partir desta terça-feira, 18, data da publicação no Diário Oficial do Estado. A tarifa social, disponível para quem usa o Bilhete Único, permanecerá inalterada.

Os trens serão reajustados em 5,60%, passando de R$ 2,90 para R$ 3,20. O metrô terá reajuste de 5,66%, aumentando de R$ 3,20 para R$ 3,50. Nos cálculos, o conselho diretor da Agetransp considerou a desoneração de 3,65% concedida pelo governo federal relativa a PIS e Confins.

Multas

Durante a reunião, realizada na quinta-feira, 13, foram julgados três processos de aplicação de multas contra a concessionária de trens Supervia, que somam R$ 194.037,41.

A primeira, no valor de R$ 91.873,01, é referente a interrupção da circulação de trens entre as estações Vila Militar e Bangu, no ramal de Santa Cruz, em 17 de maio de 2011. Outra multa, de R$ 30.625,50, é relativa ao descarrilamento de um trem na estação Madureira, no ramal de Deodoro, em 26 de junho de 2011, que provocou atrasos na operação. A punição mais recente é de 16 de agosto de 2012, que obriga a concessionária ao pagamento de R$ 71.538,80 por um descarrilamento na estação terminal Central do Brasil.
Tags:

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história efaça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.