20°/ 32°
Belo Horizonte,
01/SET/2014
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Caminhoneiro socorre vítima e a pede em casamento

Agência Estado

Publicação: 18/03/2014 14:19 Atualização: 18/03/2014 16:50

Um grave acidente de trânsito foi o estopim para uma história de amor incomum. A vítima, Magna Sousa Carrijo, de 48 anos, mesmo ferida, despertou a paixão no caminhoneiro Nilton Natalino Neves, de 47 anos, que parou para prestar socorro e, ainda no hospital, a pediu em casamento.

Tudo começou há quatro meses, quando Magna capotou seu carro e foi parar numa ribanceira na BR-364, no Mato Grosso. O motorista, que mora em Ribeirão Preto (SP) e viaja muito de caminhão a trabalho, passava pela região, viu o acidente e desceu correndo para ajudar. Ele conta que foi tudo muito assustador, pois o carro atravessou a pista e ainda bateu em uma árvore antes de capotar.

O veículo ficou destruído, com as portas travadas e a motorista consciente em seu interior. Carrijo quebrou o para-brisa e ao olhar para a vítima, diz que foi paixão à primeira vista. A partir daí ficou o tempo todo ao seu lado segurando sua mão, para confortá-la. Do local do acidente até a maca do hospital, foram 80 quilômetros de distância. Quando chegou à unidade, Nilton pediu Magna em casamento.

Final feliz

De início, ela conta que achou tudo muito estranho, mas a coisa ficou séria quando o motorista ligou depois para saber como Magna estava e então marcaram de se encontrar. Depois disso, ela se recuperou e os dois sempre são vistos juntos, inclusive, até viajam de caminhão. Também oficializaram o noivado e estão escolhendo a melhor data para o casamento.
Tags:

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história efaça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.