16°/ 30°
Belo Horizonte,
24/OUT/2014
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Polícia Federal de Recife recebe mais uma granada

Diário de Pernambuco

Publicação: 16/03/2014 09:43 Atualização:

Artefato foi entregue durante campanha de desarmamento  (Polícia Federal/Divulgação)
Artefato foi entregue durante campanha de desarmamento

A Polícia Federal recebeu, neste domingo (16), ter recebido pela 11ª vez uma granada de morteiro dentro da Campanha do Desarmamento. Assim, segundo as informações da PF, o estado sobre do quinto para o segundo colocado no ranking nacional de recebimento de armas de fogo em números absolutos.

A granada foi entregue por um homem, que preferiu não ser identificado, informou ter visto uma matéria na televisão sobre o perigo que estava passando e risco de grande explosão. Por isso, ele resolveu entregar o artefato.

Mesmo antigos, os artefatos podem conter substância explosiva que, em contato com faísca de fogo ou calor exagerado e até mesmo impacto provocado por queda, podem provocar sua detonação. Todos os artefatos e ogivas são analisados por peritos criminais federais do esquadrão antibombas da PF para análise de sua letalidade. Em seguida, o material é enviado para o Exército, que providenciará a sua destruição.

De acordo com as informações da PF, todas as granadas entregues até agora ao órgão possuíam substância explosiva, o que poderia ter provocado uma explosão de grande proporção.

Além do recebimento de 11 morteiros, a PF registrou a entrega de metralhadoras, fuzis antigos utilizados pelo Exército, armas de fabricação caseira e de uso restrito das polícias e forças armadas de calibre proibido.

Campanha
A Polícia Federal em Pernambuco, através da nova Campanha do Desarmamento, incentiva a entrega voluntária de armas com indenizações que variam de R$ 150 a R$ 450, dependendo do calibre e do tipo arma. Após 955 dias de iniciativa, a PF totaliza 6.759 armas e 13.010 munições, o que corresponde a 7 armas entregues por dia e 49 por semana e 196 por mês. Já as munições, totalizam 14 entregues por dia.

As armas mais entregues em Pernambuco são revólveres, espingardas e pistolas. Já as munições são as de calibre 38.

Segundo a PF, as principais razões que estimulam o desarmamento, com a consequente entrega voluntária de armas, são o anonimato e a rapidez no pagamento da indenização, que é efetuado em até 48 horas. Em todos os casos, o anonimato das pessoas que realizarem a entrega de armas e munições é garantido e nenhum questionamento será feito a quem estiver entregando.

Quem quiser entregar uma arma deve primeiro acessar o site www.entreguesuaarma.gov.br ou www.pf.gov.br e preencher uma guia de trânsito que tem validade de um dia. A arma deverá se acondicionada de forma discreta e sem munição, de forma a não caracterizar o seu pronto uso.

Esta medida é necessária caso a pessoa seja parada por uma blitz policial estará acobertada de qualquer apreensão ou prisão. Caso contrário, a guia de trânsito não terá valor nenhum, ficando o infrator sujeito às penas da lei.

Após a conclusão do procedimento de entrega nos casos em que a arma seja indenizada, será solicitado ao responsável o cadastro de uma senha numérica de quatro dígitos que será confeccionada apenas pelo própro requerente.

Após concluir o procedimento de entrega, e de posse do protocolo e da senha, o cidadão com 48 horas, já poderá receber o valor da indenização em qualquer terminal eletrônico do Banco do Brasil.

Além das armas de fogo também são recebidas munições, armas de brinquedo e artesanais ou de fabricação caseira e simulacros. No entanto, sem o pagamento de indenização.

As armas arrecadadas na campanha são enviadas para o Exército para a sua consequente destruição.
Tags:

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história efaça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.