14°/ 24°
Belo Horizonte,
23/AGO/2014
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Marcola deve ser transferido para RDD de Bernardes

Agência Estado

Publicação: 11/03/2014 12:37 Atualização:

São Paulo, 11 - A Justiça decretou o isolamento em Regime Disciplinar Diferenciado (RDD) do líder do Primeiro Comando da Capital (PCC), Marcos Willians Herbas Camacho, o Marcola, e de outras três lideranças da facção: Cláudio Barbará, Célio Marcelo da Silva, o Bin Laden, Luiz Eduardo Marcondes, o Du Bela Vista. Os presos devem ser transferidos ainda nesta terça-feira, 11, da Penitenciária 2 de Presidente Venceslau para a Penitenciária de Presidente Bernardes, ambas no interior paulista.

A autorização da transferência foi confirmada pelo Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) e é vista com receio por integrantes da cúpula da Segurança Pública de São Paulo, que temem um processo de rebeliões nos presídios paulistas. Ela é baseada em solicitação da Secretaria de Administração Penitenciária (SAP) e da Secretaria de Segurança Pública (SSP), depois da descoberta de um plano de fuga desses presos da Penitenciária 2 de Presidente Venceslau.

Havia um ano que os bandidos preparavam a ação. Eles pretendiam arrumar um helicóptero blindado e içar os presos no pátio do presídio usando uma cesta. Um segundo helicóptero, com criminosos portando fuzis e uma metralhadora, daria cobertura ao resgate.

A inteligência da policia flagrou a preparação do plano, o que levou a Secretaria de Segurança Pública a pedir o isolamento dos presos envolvidos no caso. A ação, que não aconteceu, ocorreria no dia 1.º de março e mobilizou a polícia paulista, que decidiu montar tocaia em uma mata próxima á espero dos criminosos.

No ano passado o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público Estadual (MPE), havia apresentado outro pedido de isolamento de Marcola e outros 31 integrantes com base em uma megainvestigação que mapeou a estrutura da organização. Foram identificados 175 pessoas acusadas de participar do grupo, traficando armas e drogas. Esse primeiro pedido de internação de Marcola havia sido negado pela Justiça.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história efaça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.