20°/ 35°
Belo Horizonte,
01/OUT/2014
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Desfile das campeãs no Rio teve protesto da Beija-Flor

Agência Estado

Publicação: 09/03/2014 15:37 Atualização:

Rio, 09 - Fora do desfile das escolas de samba campeãs no Rio pela primeira vez desde 1992, integrantes da Beija-Flor protestaram contra o resultado da apuração, durante a exibição que ocorreu no sábado, 8, à noite na Sapucaí. Uma das favoritas, com um enredo em homenagem ao empresário José Bonifácio de Oliveira Sobrinho, o Boni, ex-superintendente da TV Globo, a escola ficou em sétimo lugar, pior posição em sua história no Grupo Especial, repetida apenas em 1974, 1975 e 1992. Como só as seis melhores desfilam, a escola de Nilópolis, na Baixada Fluminense, só assistiu à exibição.

No camarote da escola, próximo à concentração, foram expostas duas faixas, onde se lia: "Não desfilamos hoje! Viemos entender o porquê, mas estamos sim entre as campeãs de 2014" e "Uma vez injustiçada, olhai por nós".

O desfile que reuniu, pela ordem, Grande Rio, Imperatriz, União da Ilha, Portela, Salgueiro e a campeã Unidos da Tijuca, foi prestigiado pelo prefeito Eduardo Paes (PMDB). Horas após firmar um acordo que encerrou a greve dos garis, ele demonstrava descontração e permaneceu ao lado da bateria durante a exibição da Portela, da qual é torcedor. Paes vestia uma camiseta onde se lia: "Sou prefeito da cidade mais linda do mundo".

O técnico da seleção brasileira, Luiz Felipe Scolari, também prestigiou o desfile. Ele foi ao camarote de uma cervejaria, onde encontrou o ex-técnico Mário Jorge Zagallo.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história efaça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.