18°/ 28°
Belo Horizonte,
23/NOV/2014
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Carnaval em Brasília tem sátira política e baile para crianças

Agência Brasil

Publicação: 02/03/2014 18:24 Atualização: 02/03/2014 18:31

 (Antônio Cruz/Agência Brasil )
 

O domingo de carnaval no Distrito Federal foi marcado pelo primeiro dia de desfile do tradicional Bloco Pacotão, conhecido desde 1975 por sair pela contramão de uma das avenidas mais movimentadas de Brasília e usar a irreverência para criticar o governo e fatos marcantes na política. Os condenados na Ação Penal 470, o processo do mensalão, e o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, foram lembrados pelos foliões, que usavam fantasias e máscaras. Em outro bairro da cidade, a Baratinha, bloco só para crianças, lotou o estacionamento do Parque da Cidade. Entre as atrações, brinquedos infláveis e uma banda que animou os pais e a criançada, com músicas infantis.

O Pacotão reuniu cerca 2 mil pessoas, que saíram da entrequadra 302/303 Norte, e percorreram, na contramão, parte da Avenida W3, uma das principais de Brasília. Durante o percurso, os foliões foram animados por um trio elétrico e dançaram ao som de frevo, marchinhas tradicionais, além de paródias criadas pelo fundadores do bloco. Os foliões carregaram faixas com frases irreverentes relacionados à política, característica tradicional do bloco. "Pacotão faz rolezão do Planalto à Papuda. Da contramão à contravenção", dizia uma das faixas.

Com a presença de muitas crianças fantasiadas, o Bloco Baratinha reuniu, no estacionamento do Parque da Cidade, cerca de 5 mil pessoas. Ao som de uma banda que animava a criançada com marchinhas tradicionais, os pais também caíram na folia, com muita serperntina, spray de espuma e brincadeiras. Valéria de Sousa atendeu o pedido da filha Geovana, de 4 anos, e, mesmo com o sol forte, compareceu ao bloco. "Aqui é muito tranquilo para criança, ela sempre vem, desde bebezinha. Ela tava pedindo para vir hoje e terça-feira vem de novo", afirmou.

Leonice Marinho também levou os dois filhos, Bruna, 9 anos, e Gustavo, de 5. Ele aprovou a organização e a segurança da festa. "É uma oportinidade para as pessoss que não têm condições de pagar um clube. Aqui é mais viável, tem mais brincadeiras. É um canaval excelente para as crianças, é para família, com segurança e muita diversão", disse.

Na próxima terça-feira (4), o Pacotão e a Baratinha voltam a desfilar, a partir das 15h.

Tags:

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história efaça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.