Governo do Estado de SP dará salário para dependente

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 25/02/2014 14:55

Agência Estado

São Paulo, 25 - Pouco mais de um mês depois de a Prefeitura de São Paulo lançar um programa assistencial para dependentes químicos da Cracolândia, no centro, o governo do Estado anunciará nesta terça-feira, 25, um plano de ajuda que também inclui oferta de emprego e salário para as pessoas que vivem na região. A diferença do novo projeto é a obrigatoriedade dos participantes em receber tratamento médico para a dependência de crack.

O salário, de R$ 395, também será maior do que o pago pela Prefeitura (R$ 330). Entretanto, a jornada será maior: seis horas diárias, contra quatro no programa Braços Abertos, da gestão Fernando Haddad (PT). No âmbito estadual, serão 40 vagas. Os pacientes inseridos no programa Recomeço serão inscritos no Programa Emergencial de Auxílio Desemprego (Frente de Trabalho). Os 13 primeiros inscritos estão atualmente em tratamento no Centro de Referência de Álcool Tabaco e outras Drogas (Cratod). As informações são do jornal

O Estado de S. Paulo.
Comentários O comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.