16°/ 30°
Belo Horizonte,
30/OUT/2014
  • (1) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Carandiru: TJ marca novo júri e multa advogado de PMs

Agência Estado

Publicação: 25/02/2014 08:31 Atualização: 25/02/2014 08:39

O Tribunal de Justiça (TJ) de São Paulo remarcou para o dia 31 de março o julgamento de 15 policiais militares que participaram do massacre do Carandiru, ocorrido em 1992. Os PMs são acusados de executar oito das 111 pessoas mortas durante a invasão na Casa de Detenção.

Na sentença, o juiz Rodrigo Tellini de Aguirre Camargo estabeleceu multa de R$ 50 mil para o advogado dos réus, Celso Machado Vendramini, que abandonou o julgamento do último dia 18, paralisando a sessão. O defensor não foi localizado nesta segunda-feira, 24.
Tags:

Esta matéria tem: (1) comentários

Autor: Cláudio Martinez
A PM faz o seu dever e a sociedade não apóia. Lá não tinha nenhum santinho e inocente. Quem quer spa, trabalhe e tenha merecidas férias. Bandido tem que viver é no inferno mesmo. Para não ir para o inferno, é só não transformar a vida dos outros em um inferno. | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história efaça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.