Justiça nega habeas corpus para oito PMs presos na operação tartaruga no DF

Segundo o advogado, a decisão do juiz é "ilegítima" e a defesa entrará com o pedido de revisão da decisão ainda hoje

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 24/02/2014 10:33

Correio Braziliense

O pedido de habeas corpus para oito dos 12 policiais militares presos, suspeitos de incitar a operação tartaruga, foi negado pelo Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT), na noite de domingo (23/2). A informação é do advogado Elton Barbosa, presidente do Fórum dos Integrantes das Carreiras Típicas de Estado do DF (Finacate).

De acordo com Elton, a decisão foi tomada como forma de "manutenção da ordem pública". Contudo, para o advogado, a decisão é "ilegítima", pois "contraria o entendimento pacificador das cortes superiores".

Segundo Elton, a Finacate pretende levar o caso para 2ª instância ainda nesta segunda-feira (24/2), ao mesmo tempo em que pedirá a revisão da decisão na 1ª instância.
Tags:
Comentários O comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.