Seis PMS de Campinas são indiciados por chacina

Acusados estão sendo indiciados por apenas uma das doze execuções que aconteceram entre 12 e 13 de janeiro

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 18/02/2014 17:53

Agência Estado

Seis PMs de Campinas foram indiciados pela morte do adolescente Joab Neves dos Santos, de 17 anos, uma das 12 vítimas da chacina de Campinas, nos dias 12 e 13 de janeiro, que ocorreu após o assassinato de um policial na mesma região da cidade. Cinco dos seis policiais estão presos. A força-tarefa da Polícia Civil considera já ter provas contra os seis no caso da morte do adolescente.

Joab foi o primeiro a ser assassinado. As outras 11 mortes ocorreram em um período de quatro horas, em quatro pontos distintos da cidade, todas com características de execução.

A Polícia Civil e o Ministério Público ainda não têm provas para apontar a participação deles nas demais mortes, mas há elementos que reforçam a suspeita.

Outros PMs também são investigados. Eles teriam montado um plano de reação ao assassinato do policial, horas antes da chacina.
Tags:
Comentários O comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.