Haddad faz visita à Cracolândia e amplia programa

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 12/02/2014 22:31

Agência Estado

São Paulo, 12 - O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), fez uma visita surpresa à Cracolândia na tarde desta quarta-feira, 12, onde anunciou a ampliação do programa Braços Abertos, que oferece alimentação, moradia e emprego aos dependentes da região. O equipamento público onde funciona o programa ficará aberto até 22h - antes, fechava às 17h. A medida é uma estratégia para evitar a ação do tráfico durante a noite na região.

“Precisamos incrementar nossa presença aqui à noite. Como baixa a presença do poder público à noite, as pessoas que vêm de fora, que não são moradores da região nem em situação de rua, vêm em busca do acesso à droga fácil. Isso tem acontecido no período noturno, sobretudo na madrugada. Então, vamos estender nossa presença aqui para oferecer alternativas para dizer que isso aqui é um território com liberdade para ir e vir para todo mundo”, disse.

Apoio.

Haddad afirmou também que obteve apoio do governo do Estado para que o Bom Prato instalado na região ofereça refeições também aos fins de semana - uma demanda dos atendidos pelo programa. “Acho que, com isso, damos mais um passo na direção correta de libertar a Luz da presença do crime”, afirmou o prefeito.

Haddad percorreu a região acompanhado, a distância, por dois seguranças. Atendeu todos os cidadãos da área que o procuraram, com demandas que iam desde pedido de emprego como segurança na Prefeitura a cobranças por oferta de mais moradias para os sem-teto que vivem em locais invadidos. Posou para fotos com os moradores e conversou com crianças. Não foi hostilizado.

Ele caminhou pela Rua Helvétia desde a porta do terreno usado como sede do programa Braços Abertos, que já estava fechado, até o quarteirão da Alameda Barão de Piracicaba. Parou no ponto onde começa o chamado “fluxo” - local em que se concentram os dependentes usando drogas. Ali, conversou com mais moradores, mas não se aproximou das pessoas que estavam fumando as pedras. Em seguida, foi embora.

Atendimento.

A proposta com a ampliação do horário de atendimento da sede do programa é manter uma área de convívio social, com uma sala de estar e TVs, para que o local permaneça movimentado. Segundo a Prefeitura, 386 pessoas estão cadastradas no programa até o momento.
Comentários O comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.