14°/ 31°
Belo Horizonte,
02/SET/2014
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Namorada colaborou para que acusado suspendesse fuga

Agência Estado

Publicação: 12/02/2014 13:19 Atualização:

Rio, 12 - Além do advogado Jonas Tadeu Nunes, a namorada do auxiliar de limpeza Caio Silva de Souza, de 22 anos, participou da operação que resultou na prisão do rapaz. A mulher, que não teve o nome revelado, ajudou a convencê-lo a abandonar o plano de fuga em direção ao Ceará, ao conversar diversas vezes por telefone.

Quando o delegado Maurício Luciano, o advogado e a namorada chegaram à pensão onde Caio se hospedou, a primeira a entrar no quarto foi ela, que o acalmou. A seguir, permitiu a entrada do delegado no pequeno quarto, onde Caio recebeu voz de prisão.

"Ele estava acuado, assustado, exausto e faminto. Disse que não comia há dois dias. Talvez não tivesse condições de seguir na fuga. Ele não esboçou nenhuma reação ao receber voz de prisão", disse o delegado.

Caio se recusou a prestar depoimento na Bahia e no Rio, para onde foi transferido na manhã desta quarta-feira, 12. Disse que só vai falar em juízo. Em nenhum momento confessou o crime, ao contrário do tatuador Fabio Raposo, que admitiu ter repassado a Caio o rojão que matou o cinegrafista Santiago Andrade, da TV Bandeirantes.

À tarde, Caio será levado ao Instituto Médico - Legal para fazer exame de corpo de delito, e depois será encaminhado ao sistema penitenciário.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história efaça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.