Novas fotos do suspeito de lançar rojão em cinegrafista são divulgadas

Caio Silva da Souza, de 23 anos, é funcionário de uma empresa terceirizada que presta serviço ao Hospital Rocha Faria, na zona oeste do Rio

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 11/02/2014 19:37 / atualizado em 11/02/2014 20:16

Estado de Minas

Divulgação / Polícia Civil e Divulgação / Disque-Denúncia


O disque-denúncia divulgou um cartaz com informações sobre o suspeito de ter lançado um rojão no cinegrafista Santiago Andrade, que faleceu nesta segunda-feira (10/2) após ser atingido durante uma manifestação no Rio de Janeiro, na semana passada.

A Polícia Civil também divulgou uma nova foto, mais atual, do jovem Caio Silva de Souza, de 23 anos. A identidade dele foi confirmada pelo tatuador Fábio Raposo, que já está preso, e confessou ter repassado o explosivo. A polícia divulgou nesta terça-feira (11/2) uma foto de Caio. A dupla será indiciada por homicídio qualificado e explosão e poderá pegar mais de 35 anos de prisão, caso condenada.

Trabalho e moradia


A direção do Hospital Rocha Faria confirmou que o acusado de ter provocado a morte do cinegrafista Santiago Andrade é funcionário de uma empresa terceirizada que presta serviço à unidade. Caio Silva de Souza, de 23 anos, é auxiliar de serviços gerais, informou a Secretaria Estadual de Saúde do Rio de Janeiro. O hospital fica no Bairro Campo Grande, na zona oeste da cidade.

Caio de Souza é considerado foragido pela polícia. Ele mora em Nilópolis, município da Baixada Fluminense.

Com informações da Agência Brasil

Tags: