Após morte de adolescente, ônibus é queimado em SP

Larissa Leite da Silva foi morta nesta madrugada por bala perdida após troca de tiros entre policial civil e criminosos que faziam um assalto

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 09/02/2014 15:07 / atualizado em 09/02/2014 15:24

Agência Estado

A adolescente Larissa Leite da Silva, de 17 anos, foi morta na madrugada deste domingo, 9, por uma bala perdida após uma troca de tiros entre um policial civil e criminosos que faziam um assalto na Avenida Nossa Senhora da Assunção, perto da esquina com a rua Ernesto Brodella, no bairro do Butantã, zona oeste de São Paulo.

De acordo com a assessoria de imprensa da Polícia Militar, o policial estava no local quando presenciou ação dos assaltantes que, de moto, abordavam quem passava. Um deles foi ferido, mas o outro conseguiu fugir. A polícia investiga de qual arma saiu o tiro que matou a adolescente.

Em represália, um grupo de dez pessoas ateou fogo em um ônibus da Viação Transpass horas depois, na rua Miguel Damiani, perto do local do tiroteio. Os criminosos obrigaram motorista, cobrador e passageiros a descerem do veículo. A ocorrência foi registrada no 91º DP, no Ceasa. Com este caso, pelo menos 36 ônibus já foram queimados na capital desde o início do ano.
Tags:
Comentários O comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.