Vídeo mostra homem executado em avenida da Baixada

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 06/02/2014 16:37

Agência Estado

Rio, 06 - O delegado da 54ª Delegacia de Polícia (DP), Luiz Henrique Ferreira Guimarães, identificou um dos homens que aparece em um vídeo que mostra a morte de um homem negro, executado com três tiros na cabeça na Estrada Plínio Casado, no bairro da Prata, em Belford Roxo (Baixada Fluminense). Equipes da delegacia buscam testemunhas para tentar identificar os outros participantes. O vídeo mostrando o assassinato foi publicado no site Youtube nesta quinta-feira, 6. A edição desta quinta do jornal carioca Extra divulga o crime, que teria acontecido no início da noite de 23 de janeiro.

O vídeo de 18 segundos mostra um homem negro de bermuda branca, chinelo e sem camisa sentado no chão com a cabeça ensanguentada. Um outro homem, pardo, de bermuda estampada, camisa preta e tênis segura a cabeça do suspeito para que ele não fuja. Poucos segundos depois, um homem negro, de bermuda preta e chinelo desce da garupa de uma moto com uma pistola na mão, aponta para a cabeça do homem de bermuda branca e dispara três vezes à queima roupa. O homem no chão estende as mãos para tentar se defender, em vão. O trânsito na rua segue o fluxo normal.

De acordo com o Extra, a vítima seria um ladrão que agia nas redondezas atacando pedestres e comerciantes. No registro do caso na delegacia consta que um outro homem foi morto na ocasião, a alguns metros de distância, também com vários tiros.

Em nota, o comandante do 39º Batalhão de Policia Militar), em Belford Roxo, tenente-coronel Paulo Roberto das Neves, afirma que "o setor de inteligência da unidade levou as imagens do crime à 54ª DP e está auxiliando as investigações da Polícia Civil com as informações que possui". A nota informa ainda que "nos últimos três meses mais de 250 pessoas foram presas por envolvimento com tráfico de drogas e grupos de extermínios".

"Atualmente 54 policiais (militares) do Regime Adicional de Serviço reforçam diariamente o efetivo do 39º BPM, sendo aplicados em locais estratégicos de forma dinâmica para acompanhar o andamento da mancha criminal", acrescenta na nota o comandante.

A Secretaria de Segurança do Estado do Rio deverá instalar ainda este ano, em Belford Roxo, uma Companhia Destacada, subordinada ao 39º BPM, que ficará na favela Gogó da Ema, a pouco mais de 5 km do bairro da Prata. A cidade também deve ganhar uma Unidade de Polícia Pacificadora (UPP), ainda sem data de instalação ou previsão de local.

Justiceiros

O governador do Rio, Sérgio Cabral (PMDB), criticou a ação de justiceiros. "Repudiamos qualquer ação de milicianos ou justiceiros. Qualquer poder paralelo é repudiado. Perseguiremos e prenderemos essas pessoas. Poder paralelo, no meu governo, é inadmissível. Não tem acordo", afirmou Cabral, durante inauguração de uma unidade de saúde em Duque de Caxias, também na Baixada Fluminense. "Nosso governo reagirá a justiceiros, perseguindo e prendendo esses assassinos", concluiu. (colaborou Fábio Grellet)
Comentários O comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.