16°/ 30°
Belo Horizonte,
30/OUT/2014
  • (21) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Cubana abandona Mais Médicos e pedirá asilo ao governo brasileiro A médica tomou a decisão ao descobrir que o salário pago aos profissionais de outras nacionalidades era de R$ 10 mil

Agência Estado

Publicação: 04/02/2014 23:19 Atualização: 04/02/2014 22:29

Uma cubana que se apresentou como profissional participante do programa Mais Médicos abandonou o projeto, refugiou-se nesta terça-feira dentro da Câmara dos Deputados e promete pedir asilo ao governo brasileiro. Ramona Matos Rodríguez, de 51 anos, disse ter deixado no sábado a cidade paraense de Pacajá, onde outros seis estrangeiros atenderiam no Mais Médicos, e viajou para Brasília.

A médica declarou ter decidido abandonar o programa ao descobrir que o salário pago aos profissionais de outras nacionalidades era de R$ 10 mil, valor que não teria sido informado pelas autoridades cubanas.

Segundo relato de Ramona, ela decidiu contatar a liderança do Democratas na Câmara depois de falar por telefone com uma amiga em Pacajá. Esta pessoa lhe teria dito que agentes da Polícia Federal estiveram na cidade paraense em busca de Ramona e também que o telefone da cubana estava grampeado. O deputado Ronaldo Caiado (DEM-GO), que chegou a levar a médica cubana ao plenário da Casa para denunciar o que chamou de "uso de trabalho escravo" pelo programa, disse que Ramona vai ficar instalada dentro do gabinete da liderança do partido enquanto o governo não deliberar sobre o pedido de asilo. Ela também colocou o espaço da liderança "à disposição" de outros médicos cubanos que queiram se asilar.

Caiado surpreendeu o Plenário e deputados do PT chegaram a acionar de pronto o Ministério da Saúde para pedir mais informações. O próprio ministério foi pego desprevenido e enviou imediatamente assessores ao Legislativo.

Natural de Havana, Ramona Matos Rodríguez disse exercer a medicina há 27 anos, ter especialização em "medicina geral integral" e já ter participado de uma missão de médicos cubano à Bolívia. Ela levou à Câmara uma cópia do contrato para a sua atuação no Brasil. No documento, firmado entre Ramona e "La sociedad mercantil cubana Comercializadora de Servicios Médicos Cubanos" e com duração de três anos, Ramona aceitou ganhar o equivalente a US$ 400 mensais, depositados no Brasil, sendo que os demais US$ 600 seriam retidos em uma conta em Cuba. A médica cubana também alegou que recebia outros R$ 750 da prefeitura de Pacajá a título de auxílio alimentação e que a hospedagem era mantida pela administração municipal.

Ramona relatou ter chegado ao Brasil em outubro e ter participado, em Brasília, de um curso de capacitação do programa em suas primeiras semanas no País. Conheceu profissionais do Mais Médicos originários de locais como Argentina e Colômbia, momento em que tomou conhecimento do salário de R$ 10 mil pago pelo programa. "Em Cuba não se falou nada sobre isso. Me senti muito mal", relatou Ramona em coletiva de imprensa na sala do DEM. Diante disso, e somado ao fato do alto custo de vida em Pacajá para a remuneração disponível pelo programa, Ramona disse ter decidido fugir. Ela conta ter uma filha em Cuba e afirma temer por possíveis represálias do regime castrista contra ela.
Tags:

Esta matéria tem: (21) comentários

Autor: Rogério Buss
Cuba, sempre Cuba! E nosso governo fica paparicando um governo que prende e mata seus poetas. Agora vamos nos unir para que esta cbana fique em nosso pais e receba nossa cidadania. | Denuncie |

Autor: jorge aparecido dutra
O óbvio oLULAnte... ops, falhei, desculpe! | Denuncie |

Autor: Chacall Originall Queiroz
Os médicos cubanos, que vieram para os Brasil pressionados pela ditadura Cubana foram roubados. Trabalho considerado por entendidos como de mão de obra escravo já os covardes irmãos ditadores Catristas recebem milhões, enquanto os médicos recebem migalhas. Tai a verdade a màscara dos Petralhas caiu | Denuncie |

Autor: Felipe AS
Não sei falar espanhol, mas acho que ela é " La Louca"... Não sou vaticinador, mas ela será deportada e... Só deus. | Denuncie |

Autor: Maria Tr
Deve ter recebido uma graninha do DEM prá fazer o teatrinho... | Denuncie |

Autor: Nilson Oliveira
Pobrezinha! Ela acreditou no DEM e no Caiado. Eles não terão poderes suficientes para enfrentar o PT. Ela será deportada para Cuba e lá jogada em alguma masmorra, sofrer toda espécie de tortura física e moral. A esquerda, representada pela Maria do Rosário, ama direitos humanos para os seus filiados | Denuncie |

Autor: Carlos Coelho
Se tem Caiado na jogada é armação pura! | Denuncie |

Autor: luiz breyner
Tadinha, Dilma é cupincha da Castraiada. Vai ter que voltar para Cuba e vai para o Paredão. | Denuncie |

Autor: Marcelo Américo
Vai se dar mal, a coitada. Tinha que pedir asilo em outro país sul americano. Vai ser devolvida pra ilha, como foram os lutadores de box do Pan americano de 2007. | Denuncie |

Autor: Maria Eugenia Fonseca
Quanto ao povo cubano, sabemos o que muitos fazem para fugir do pais, arriscam suas vidas atravessando mar aberto. Isto é a prova o que estes médicos sujeitam a estas condiçoes, para fugir do país. Quanto aos médicos cubanos, sabemos que eles não vem só, mas elementos dos serviços secretos de informa | Denuncie |

Autor: ailton lemes
Olá, está na hora de dar um basta nessa escravidão, revolução já, vamos colocar fim nos irmãos castros, ditadores, déspotas, que encontram apoio de um governo louco, Obama manda uns dois caças da força aérea americana e fogo na cabeça desses idiotas, é isso doutora, vem pra cá que te apoiamos. | Denuncie |

Autor: Marcelo Caldas
opa.. Mas os médicos cubanos não iriam receber 10 mil? foi o que a Dilma disse não foi? Ou o boato que rola de que a grana vai pros irmão Castro é verdade? | Denuncie |

Autor: Filipe Costa
Este governo dos PTralhas é uma vergonha. Finge lutar pelos direitos humanos enquanto se filia a tiranos e assassinos sanguinários igual aos irmãos Castro e outros mais. Defende a escravidão humana no uso de profissionais com valores abaixo do digno. | Denuncie |

Autor: mauricio oliveira
O BANDO DOS PTRALHAS ATACA PARA QUALQUER LADO, O NEGOCIO E ROUBAR E FAZER DINHEIRO!!!!!! CHUPA QUE E DE UVA, COLOCARAM A DENTUÇA AGORA QUEEEEENNNNNTAAAAAAAAAA........KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK | Denuncie |

Autor: Valdir Evangelista Guimaraes
Onde o governo Petista coloca o dedo.. Apodrece Claro que o acordo feito com o líder Cubano, foi pra retirar dinheiro do Brasil para fortalecer o Regime de Fidel. Os ideais destes governantes Petistas são os mesmos de FIDEL. Fazer uma ditadura no BRASIL, Acorda BRASIL | Denuncie |

Autor: Rene Magalhaes Costa
Enquanto os PTs querem acabar com as fazendas produtivas, dizendo existir trabalho escravo, o Dr. Ronaldo Caiado demonstra sua cidadania, defendendo uma escrava do Governo Brasileiro. Parafraseando Boris Casoi: "Isso é um absurdo". Até quando ... | Denuncie |

Autor: Bruno M.
Aos poucos as farsas deste partidinho vão caindo! Como é bom ver isso!!! | Denuncie |

Autor: Andre Lemos
Custou para aparecer as maracutaias do PT....Eta pais que não tem jeito.. Duvido que ela consiga asilo politico onde o governo são íntimos. Vão mandar ela embora e ficará presa em Cuba até morrer. MUDA BRASIL!CHEGA!CANSOU DE TANTAS SACANAGENS | Denuncie |

Autor: lUIZ lUIZ REIKI sILVA
Um ato desesperado de uma vítima da ditadura. Que tal uma "Comissão da Verdade" sobre a ditadura familiar d Cuba? Essa mulher corre sério risco de ser deportada pela Elite Petista assim como foram os boxeadores que pediram asilo em 2007! Para a Elite Petista, direitos humanos só valem quando convém! | Denuncie |

Autor: claudio tostes
do partido do lula se pode esperar sempre o pior!! inclusive trabalho escravo, assassinatos , mentiras e roubos, furtos e sacanagens diversas!! FORA PT!!! | Denuncie |

Autor: claudio tostes
Todo mundo já sabia. Este programa foi elaborado para enviar dinheiro para cuba , as custas da exploração dos médicos cubanos!! PT safado!! dilma safada , mentirosa e sem honra nem moral!!PT usa de trabalho escravo para enviar dinheiro a cuba e receber por debaixo dos panos!! pena de morte para já !! | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história efaça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.