20°/ 32°
Belo Horizonte,
28/AGO/2014
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Incêndio atinge acervo do Liceu de Artes e Ofícios de SP

Agência Estado

Publicação: 04/02/2014 13:01 Atualização: 04/02/2014 18:54

Uma das mais tradicionais instituições de ensino da capital, o Liceu de Artes e Ofícios de São Paulo, na Luz, região central da cidade, teve seu centro cultural atingido por um incêndio de grandes proporções na madrugada desta terça-feira, 04. Ninguém se feriu, mas diversas obras de arte, como esculturas, foram destruídas ou danificadas.

O Corpo de Bombeiros recebeu o chamado à 0h48 e trabalhou durante toda a noite para conter os focos de fogo. Vinte e uma viaturas foram empenhadas inicialmente e o trabalho de rescaldo durou até as 7h19, quando os últimos homens deixaram o local.

Em nota, o Liceu afirmou que apenas o Centro Cultural, um prédio anexo, na Rua Cantareira, 1351, foi atingido pelas chamas. A escola não pegou fogo, mas as aulas foram suspensas nesta terça.

As causas do incêndio ainda são desconhecidas e a instituição ainda não divulgou quais foram os danos ao prédio, nem a lista de obras comprometidas.

História

Fundado em 1873, o Liceu tornou-se referência na capital pelo ensino técnico profissionalizante e de formação geral. Mantido por recursos da LAO Indústria Ltda, empresa líder no mercado nacional de hidrômetros e medidores de gás, o Liceu é uma instituição sem fins lucrativos, que oferece Ensino técnico integrado ao Ensino médio (gratuito) e o Ensino Médio (pago).

Entre as passagens importantes da história da escola, estão a construção do primeiro hidrômetro 100% nacional, em 1930, portais de madeira para a Catedral da Sé e esquadrias metálicas para o Museu de Arte de São Paulo (Masp).

Recuperação


Segundo a assessoria de imprensa do Liceu, as aulas ficarão suspensas até sexta-feira, 07. O centro cultural estava fechado para visitação há mais de um ano, justamente para avaliação as obras e melhorar a estrutura para receber o público.

O Liceu informou que está esta fazendo o levantamento das obras danificadas e calculando o prejuízo. Ainda não se sabe quantas poderão ser restauradas, mas a instituição vai contratar técnicos para fazer o trabalho, uma vez que algumas aparentemente foram apenas chamuscadas.
Tags:

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história efaça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.