17°/ 30°
Belo Horizonte,
31/OUT/2014
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Metrô de SP adia abertura de estação da Linha 5

Agência Estado

Publicação: 01/02/2014 07:49 Atualização:

São Paulo, 01 - A abertura da Estação Adolfo Pinheiro, da Linha 5-Lilás do Metrô, na zona sul, marcada para hoje, foi adiada ontem pelo governo do Estado. Segundo nota enviada pela companhia, o Corpo de Bombeiros solicitou mais segurança ao local. Questionado sobre os detalhes das exigências, o Metrô não se manifestou. A nova data de abertura da parada ainda não foi divulgada.

O jornal

O Estado de S. Paulo

teve acesso à estação na quarta-feira e registrou os preparativos para a abertura, que seria feita com a presença do governador Geraldo Alckmin (PSDB), potencial candidato à reeleição. Ainda havia muita coisa a fazer, como a conclusão das portas de plataforma de um lado inteiro dos trilhos - uma estrutura complexa de 132 metros de extensão. No nível da rua, boa parte do terreno onde foi escavada a parada ainda não tinha recebido nenhum trabalho de paisagismo, deixando a terra exposta à intempérie.

Além disso, em uma das entradas, faltavam muitos dos painéis de vidro que vão compor a cobertura. Do lado de dentro, operários montavam escadas rolantes e forros, além de checar a fiação. Restavam ser instalados os mapas de localização na plataforma onde as barreiras de vidro estão colocadas.

Duas placas de vidro que funcionam como guarda-corpos, no mezanino, onde ficam as bilheterias e as catracas, estavam trincadas. O Metrô foi questionado, mas não informou quanto custa cada uma dessas peças, que precisarão ser substituídas.

A Adolfo Pinheiro será a primeira estação a ser entregue desde setembro de 2011, quando foram abertas República e Luz, na Linha 4-Amarela. Alckmin quer abrir outras sete, nas Linhas 4-Amarela e 15-Prata, antes do período eleitoral, quando fica impedido.

A assessoria da companhia informou que os atrasos observados pela reportagem não tiveram ligação com o adiamento da abertura. É a primeira vez que problemas relacionados à segurança fazem com que a abertura de uma estação seja adiada. (As informações são do jornal

O Estado de S. Paulo

)

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história efaça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.