18°/ 23°
Belo Horizonte,
26/OUT/2014
  • (2) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Turistas portugueses são baleados em tentativa de assalto no Rio de Janeiro Segundo a Polícia Militar, eles estavam em um carro quando foram fechados por uma moto que exigia a parada do veículo. Como o motorista se recusou a parar, os bandidos atiraram.

Agência Brasil

Publicação: 31/01/2014 08:42 Atualização: 31/01/2014 09:38

Jorge Manuel Ribeiro de Carvalho, de 45 anos, recebeu um tiro de raspão na perna, mas não chegou a ser atendido porque o ferimento era muito superficial (Reprodução/Facebook)
Jorge Manuel Ribeiro de Carvalho, de 45 anos, recebeu um tiro de raspão na perna, mas não chegou a ser atendido porque o ferimento era muito superficial
Dois portugueses foram baleados na noite dessa quinta-feira, durante uma tentativa de assalto na Estrada do Sumaré, na zona norte do Rio de Janeiro. Rosa Maria Van Schothorst, de 44 anos, foi atingida no cotovelo e Jorge Manuel Ribeiro de Carvalho, de 45 anos, recebeu um tiro de raspão na perna.

De acordo com a Polícia Militar, eles estavam em um carro, com uma terceira pessoa, quando foram fechados por uma moto com dois criminosos, próximo à residência oficial do arcebispo do Rio. Os ocupantes da moto exigiram que o carro parasse, mas o motorista se recusou. Os criminosos, então, dispararam contra o veículo.

O terceiro ocupante do carro, Sandro Martelli, de 45 anos, não foi atingido. As duas vítimas foram levadas para o Hospital Municipal Souza Aguiar. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, Jorge nem chegou a ser atendido porque tinha um ferimento muito superficial. Rosa Maria sofreu uma fratura no cotovelo e teve que passar por uma cirurgia. Ela continua internada no hospital, mas passa bem.
Tags:

Esta matéria tem: (2) comentários

Autor: José Filho
Deviam matar todos os portugueses, lixo da Europa. Em Coimbra etão fazendo campanha contra os brasileiros. Portuga: vaza. | Denuncie |

Autor: sebastião costa
Belo exemplo que o país dá, protegendo bandido quando preso. Aí está o resultado. Se matasse, acabaria. | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história efaça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.