Governo vai trazer mais dois mil médicos cubanos

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 25/01/2014 09:49 / atualizado em 25/01/2014 10:05

Agência Estado

São Paulo, 25 - O Ministério da Saúde anunciou que trará ao País mais 2 mil cubanos para preencher vagas não ocupadas do programa Mais Médicos. Hoje, dos 6,6 mil profissionais que atuam pelo projeto, 5,4 mil são cubanos.

Os novos profissionais começarão a chegar ao Brasil a partir de terça-feira. Eles vão desembarcar nas cidades de Brasília, Fortaleza e São Paulo, onde farão o curso de formação e acolhimento, que tem duração de três semanas. Em seguida, passarão por avaliação e, caso aprovados, começarão a embarcar rumo às cidades nas quais vão atuar. A previsão do Ministério é de que esses cubanos comecem a atender em março, mas ainda não definiu em quais cidades.

A decisão de trazer mais médicos do país caribenho ocorreu após a terceira fase do programa atrair apenas 891 profissionais brasileiros ou estrangeiros que se inscreveram de forma independente. O número equivale a apenas 14% das 6,3 mil vagas oferecidas pelo governo na terceira etapa.

Para atingir sua meta de ter 13 mil médicos atuando pelo programa até março, o governo federal, além de trazer mais cubanos, abriu nesta sexta-feira a quarta fase de inscrições do Mais Médicos. Os candidatos terão até às 20 horas do dia 5 de fevereiro para manifestar interesse. 
Tags: