10°/ 20°
Belo Horizonte,
31/JUL/2014
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Em ano de Copa, Câmara de SP vai comprar 22 TVs

Agência Estado

Publicação: 24/01/2014 15:37 Atualização:

São Paulo, 24 - Em ano de Copa de Mundo, a Câmara de São Paulo abriu pregão para a compra de 22 televisores. O pacote inclui 2 modelos de 70 polegadas, 2 de 55 polegadas e outros 18 aparelhos com telas que variam de 32 a 42 polegadas. De acordo com o edital, todos devem ser tecnologia LED e acompanhar suportes para parede. O valor estimado da compra não foi revelado pela Câmara Municipal, nem os pontos onde os equipamentos serão instalados.

No mercado, os modelos têm preços variados. Pela internet, uma televisão com tela de 70 polegadas dificilmente sai por menos de R$ 11 mil. Segundo preços apurados nesta quinta-feira, 23, pela reportagem, a compra dos vereadores deve custar cerca de R$ 50 mil. Caso termine no prazo estipulado, o pregão deve ser finalizado no dia 31 e os aparelhos, entregues em fevereiro, quando acaba o recesso parlamentar.

O prédio da Câmara fica no Viaduto Jacareí, centro da capital paulista, e tem, atualmente, 247 televisores. Conforme a assessoria da Casa, presidida hoje pelo vereador José Américo (PT), os aparelhos são usados para o acompanhamento e monitoramento das atividades legislativas, como sessões plenárias e reuniões de líderes partidários. Essa agenda é transmitida nos oito canais internos e também pela TV Câmara SP.

Institucional

Quem visita o Legislativo pode checar o funcionamento dos equipamentos já no térreo, onde há dois televisores posicionados perto dos elevadores. Em cada um dos corredores dos 12 andares, também há um aparelho com função institucional. Nesta quinta-feira à tarde, todos funcionavam. Os demais equipamentos estão espalhados pelos gabinetes dos vereadores, plenários e salas de uso interno, como o posto médico. Parte deles é usada por assessores parlamentares e pelos vereadores para seguir, ao vivo, o que acontece nas reuniões das comissões permanentes ou mesmo nas sessões realizadas em plenário. Por meio dos aparelhos, é possível saber, por exemplo, se votações estão programadas ou foram abertas, o que exige a presença dos vereadores.

Por meio de nota, o Parlamento não informou se o pregão foi aberto para substituir televisores quebrados ou mesmo ampliar o conjunto atual. Em alguns gabinetes, ainda há equipamentos antigos, de tubo. Perguntada onde ficariam os dois aparelhos de 70 polegadas, a Câmara de São Paulo afirmou que seriam instalados onde houver necessidade.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história efaça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.