21°/ 32°
Belo Horizonte,
02/SET/2014
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Beltrame: municípios da Baixada e São Gonçalo terão UPPs

Agência Estado

Publicação: 24/01/2014 14:31 Atualização:

Rio (AE), 24 - Beltrame diz que O secretário de Segurança do Estado do Rio, José Mariano Beltrame, anunciou nesta sexta-feira, 24, que as próximas regiões a serem contempladas com Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) serão municípios da Baixada Fluminense, além de Niterói e São Gonçalo, na Região Metropolitana. Segundo ele, essas cidades ganharão cinco UPPs e sete Companhias Destacadas da Polícia Militar ainda no primeiro semestre. Ele não especificou quais dos 13 municípios da Baixada serão contemplados. Semana passada, uma onda de violência na região causou pelo menos 17 assassinatos.

Atualmente todas as 36 UPPs já em funcionamento são na capital. A primeira unidade foi inaugurada em dezembro de 2008 no Morro Dona Marta, em Botafogo, zona sul do Rio.

"Chegou a hora da Baixada e de São Gonçalo serem contemplados com essas ações. São cidadãos que também sofrem com a violência, que pagam seus impostos, como quem mora no Leblon e em qualquer outro lugar do Rio de Janeiro. Se nós temos um projeto que tem muito mais resultados positivos que negativos, por que não levar isso para áreas que também vêm sofrendo com a criminalidade?", disse Beltrame, ao participar da inauguração da Companhia Destacada no Morro São José Operário, na Praça Seca, zona oeste do Rio.

Ao contrário do que o governador Sérgio Cabral (PMDB) havia prometido ano passado, Beltrame não confirmou a pacificação do Complexo da Maré, na zona norte do Rio, no primeiro trimestre. Beltrame, no entanto, confirmou que a região ganhará UPPs ainda este ano. Formada por 13 favelas, a Maré é rota obrigatória para quem chega ao Rio pelo Aeroporto Internacional do Galeão, na Ilha do Governador, e precisa se deslocar para o Centro, a zona sul ou a Barra da Tijuca, na zona oeste. O complexo também é cortado pelas três principais vias expressas da cidade: Linhas Vermelha e Amarela, e Avenida Brasil.

As UPPs e as Companhias Destacadas são unidades da Polícia Militar instaladas em favelas dominadas por traficantes ou milicianos. Ambas funcionam sob a lógica do policiamento de proximidade. A principal diferença é administrativa: enquanto a Companhia Destacada está diretamente subordinada ao comandante do Batalhão da PM da área, a UPP possui um comandante próprio, que está subordinado ao Comando de Polícia Pacificadora (CPP).

Beltrame não quis confirmar quem será o sucessor da delegada Martha Rocha na Chefia da Polícia Civil. Martha deixará o cargo no próximo dia 31 para se candidatar a deputada estadual. A delegada já havia concorrido ao mesmo cargo nas eleições de 2006 pelo PSB, mas não se elegeu. Recentemente, filiou-se ao PSD.

Rolezinho

Em relação ao "rolezinho" convocado pelas redes sociais para o próximo domingo, 26, no Shopping Leblon, um dos mais sofisticados da cidade, Beltrame disse que não vai montar esquema especial de policiamento.

Até o início da tarde desta sexta, mais de 680 pessoas haviam confirmado presença. "Reitero dizendo que `rolezinho' não é crime. Vamos manter o policiamento voltado para a praia nos finais de semana. Não vamos agir especificamente em função disso porque entendemos que não é uma ação criminosa".

No último domingo, cerca de 50 pessoas compareceram ao "rolezinho" convocado para o mesmo shopping. Na ocasião, mais de 9 mil pessoas haviam confirmado presença no Facebook. A administração do estabelecimento decidiu não abrir as portas. O protesto, então, foi realizado na calçada, com direito a baile funk e churrasco numa grelha improvisada.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história efaça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.